UNIARP concede título Doutor Honoris Causa para André Motta

A outorga do título ao secretário de Estado da Saúde ocorrerá em sessão solene do CONSUN dia 17 de dezembro de 2021

O egrégio Conselho Universitário (CONSUN) da UNIARP, por meio da resolução CONSUN nº 032, de 29 de novembro de 2021 aprovou por unanimidade a concessão de outorga de título de Doutor “Honoris Causa” para André Motta Ribeiro, secretário da Saúde de Santa Catarina. A outorga do título, ocorrerá em sessão solene do CONSUN dia 17 de dezembro de 2021.

Para a outorga de título de Doutor “Honoris Causa”, observou-se na pessoa de Andre Motta, a postura humanista que adota frente à Secretaria Estadual de Saúde, pelo uso da meritocracia na análise e deferimento dos expedientes e investimentos em saúde no Estado e pelos trabalhos de enfrentamento da pandemia, pelos investimentos em saúde no interior do Estado de Santa Catarina e na região de AMARP.

“Obrigado. Não posso dizer nada além disso diante tamanha honra que recebi da UNIARP. Instituição que há 50 anos proporciona ensino de qualidade em Caçador e é referência na região do Alto Vale do Rio do Peixe”, comentou Andre Motta.

O homenageado

André Motta é médico e possui pós-graduação em administração hospitalar. Como secretário acompanhou toda a montagem da atual equipe da Saúde e está desde o início da pandemia do novo coronavírus focado no aparelhamento da rede hospitalar catarinense para fazer frente à demanda.

Nascido na cidade de Cachoeira do Sul, André Motta Ribeiro se formou em Medicina pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) no ano de 1990. É pós-graduado em Administração Hospitalar pela PUC da cidade de São Camilo (RS), em 1993. Atuou como médico nos estados do Rio Grande do Sul e Bahia.



Chegou a Santa Catarina em novembro de 2004. Trabalhou na Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis. Exerceu também o cargo de Diretor Técnico da Secretaria Municipal de Saúde de São José no ano de 2008. No Governo do Estado, foi regulador estadual de leitos e UTI e, nos últimos sete anos, foi médico de emergência e preceptor na Clínica Médica do Hospital Governador Celso Ramos. Em julho de 2017, assumiu a Coordenação Estadual do SAMU, onde permaneceu até o final de 2018 – quando recebeu o convite para ser secretário-adjunto.

Como adjunto, ajudou a implementar a política hospitalar catarinense e instituiu o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) para o combate à pandemia do novo coronavírus no dia 13 de março. No COES, contribuiu para o aumento da capacidade hospitalar preexistente no Estado de Santa Catarina em mais de 45%, com a ativação de 381 novos leitos de UTI.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Cerro Bonito têm asfalto 100% concluído com o Programa Barro Zero
Prefeitura entrega prêmios aos ganhadores do Brilha Caçador
Músicos do Contestado abrem as atividades em 2022
Grupo de São Paulo realiza ações evangelizadoras em Caçador
Vila Santa Terezinha agora tem 100% das ruas asfaltadas
Prefeitura de Macieira recebe nova retroescavadeira
Vila Santa Terezinha terá 100% de ruas asfaltadas
Caçador se despede de Ricardo Barbosa e Deyvid Fernandes
Ricardo Barbosa e Deyvid Fernandes serão velados na Câmara
Calmon terá Programa de Iniciação Profissional