UNIARP: Acadêmica utiliza rede social para divulgar projeto Farmácia Verde

Semanalmente são realizadas postagens com orientações acerca do consumo de chás, curiosidades sobre plantas medicinais e outras ações



A acadêmica do curso de farmácia da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (Uniarp), Amanda Metzger Garcia, tem utilizado da rede social Instagram para divulgar e tornar mais conhecido e acessível à comunidade, o projeto Farmácia Verde, mantido pela Farmácia Escola da Uniarp. A ideia inicial do projeto de extensão (PAEC), era realizar a abordagem de maneira presencial com professores e alunos da Universidade, no entanto em função das limitações impostas pela Covid-19, a aluna precisou adequar a ideia e passou a utilizar o perfil da Farmácia Escola (@farmacia.escola) para realizar a divulgação.

As ações iniciaram ainda em abril de 2020. Semanalmente a acadêmica Amanda realiza postagens com orientações acerca do consumo de chás, curiosidades sobre plantas medicinais, socialização de rotinas de recebimento e produção de chás pela equipe da Farmácia Escola, distribuição de saches contendo chás para funcionários da Uniarp e comunidade em geral.  As postagens no Instagram possuem o acompanhamento das professoras Juciele Marta Baldissarelli, que é orientadora do projeto, e da professora Talita Regina Granemann Nunes, coordenadora da Farmácia Escola e do curso de graduação.



O projeto da Farmácia Verde da Uniarp teve início em 2011, com o objetivo de resgatar o uso de plantas medicinais pela população e associar o conhecimento etnobotânico ao estudo científico. No horto municipal são cultivas aproximadamente 20 espécies de plantas medicinais, como melissa, capim-limão, hortelã, espinheira santa entre outras. Além de temperos e árvores medicinais.

Atualmente as plantas medicinais são distribuídas para a população do Município de forma gratuita. O Projeto possui ainda parceria com médicos das Unidades Básicas de Saúde que fazem a prescrição de plantas medicinais relacionadas na RENAME.  A entrega das plantas ao paciente fica sob a responsabilidade dos acadêmicos do projeto e dos professores orientadores e é realizada com a orientação sobre o modo de preparo do chá o uso correto a fim de obter o melhor resultado terapêutico possível.

O projeto Farmácia Verde da Uniarp, conta com supervisão da professora Talita Regina Granemann Nunes e das monitoras da Farmácia Escola, acadêmicas Amanda Metzger Garcia e Taíza Moura.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Matriz de Risco aponta três regiões em nível grave e 13 em situação gravíssima
Pandemia: Vacinação dos profissionais da Educação será priorizada em SC
Heróis de jaleco: Na Semana da Enfermagem, um parabéns especial
Covid-19: Pessoas de 40 anos acima com comorbidades poderão se vacinar em Caçador
Pela segunda semana consecutiva, apenas uma região do estado está em nível grave
Caçador: Nova etapa da vacinação terá cadastro e públicos específicos
Paulo Gustavo morre vítima da Covid-19 aos 42 anos
UNIARP: Acadêmica utiliza rede social para divulgar projeto Farmácia Verde
Vacinação para segunda dose: Nova etapa acontece nesta quinta-feira em Caçador