Regularize o título até 4 de maio e fique apto a votar

Prazo para atualização ou emissão do documento coincide com fechamento do cadastro eleitoral



Em menos de quatro meses, no dia 4 de maio, termina o prazo para regularizar o título eleitoral, ou mesmo solicitar a primeira via do documento, em tempo para votar nas Eleições 2022. O procedimento é simples, rápido e pode ser feito pela internet, com o sistema Título Net. 

Devido a pandemia, a chefe do Cartório da 6ª Zona Eleitoral de Caçador, Gerusa Raquel Paese, explica que a coleta dos dados biométricos está suspensa em todo país, sem prazo para retorno, e que provavelmente não será exigido para as eleições deste ano. Inclusive o atendimento presencial no cartório está suspenso até dia 31 de janeiro.

“Mas todo serviço prestado ao eleitor pode ser feito via internet. Qualquer dúvida, o número de contato do cartório é o 49 988001815, sendo também whatsapp. Os eleitores podem entrar em contato conosco para orientarmos em todos os sentidos, inclusive em como preencher os formulários digitais”, declara Gerusa.

O atendimento via ligação ou whatsapp em Caçador acontece das 12h às 19h de segunda a sexta-feira.

Dia 4 de maio é o prazo limite

A data é estipulada pela Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97 – artigo 91), que prevê o fechamento do Cadastro Eleitoral 150 dias antes de cada pleito. Durante esse período, o cidadão poderá resolver pendências como transferência de domicílio eleitoral ou outras decorrentes de ausência ou justificativa nas três últimas eleições.

Portanto, para evitar contratempos, é importante se antecipar (nos últimos dias, é alta a procura pelo serviço) para quitar eventuais débitos e poder exercer o direito de participar da escolha dos próximos deputados estaduais, deputados federais, governadores, senadores e presidente da República. A votação em primeiro turno ocorrerá no dia 2 de outubro, e o segundo turno, se houver, em 30 de outubro.

Como proceder

Tanto o alistamento (primeira via do título) quanto a regularização podem ser solicitados pelo sistema Título Net, no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 


Para tirar a primeira via, após informar a Unidade Federativa em que reside, você será informado sobre os documentos necessários (selfie segurando um documento de identificação; comprovante de residência atualizado; e certificado de quitação de serviço militar, para homens de 18 a 45 anos). Na página seguinte, em “Título de eleitor”, selecione a opção “Não tenho” para prosseguir o atendimento. Os dados informados serão analisados pela Justiça Eleitoral, e o acompanhamento pode ser feito aqui.

Os que desejam realizar alguma alteração no cadastro eleitoral, devem, antes de tudo, conferir a situação junto à Justiça Eleitoral, neste link. Em seguida, no sistema Título Net, insira as informações e os documentos solicitados e acompanhe o requerimento. 

e-Título 

Outra forma prática de consultar eventuais pendências junto à Justiça Eleitoral é o aplicativo e-Título. A ferramenta também é utilizada como título eleitoral digital, substituindo o documento em papel no dia das eleições. Basta fazer o download gratuito em telefones celulares ou tablets de qualquer plataforma (AndroidiOS).


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Cobalchini recebe projeto de implantação da Udesc em Caçador
Prefeitura pavimentará importante rua no Nossa Senhora de Lourdes
Entidades são beneficiadas com a liberação de novas emendas impositivas
Lidiane elogia procedimento médico da UPA
Clayton quer informações sobre as demandas dos CRAS em Caçador
Secretário de Infraestrutura fala sobre obras em rodovias à Bancada do Oeste
Gean Loureiro colhe sugestões de instituições e empresas de Caçador
Colombo anuncia disposição para concorrer ao Senado
Gean Loureiro ouve as demandas de Caçador
MDB de Caçador e Matos Costa promovem filiações