Projeto Músicos do Contestado transforma a vida de famílias de Caçador

Irmãos obtiveram melhora no desempenho escolar, disciplina e concentração a partir das aulas de flauta doce.



Um projeto de musicalização tem muitos objetivos além do ensino da música para as crianças e adolescentes. No projeto Músicos do Contestado o objetivo também é promover a inserção social e  dar novas possibilidades de escolhas através do conhecimento aos seus participantes.
Isso acontece na família de Davi, Jonatas e Nicolas, três irmãos que estudam na Escola Maria Luiza Martins Barbosa, no Bairro Martello, em Caçador. Davi e Jonatas são gêmeos e participam do projeto há apenas 1 ano. Eles fazem aulas semanais de flauta doce com o professor de inicialização musical, Victor Bilhar.
Nicolas com 10 anos, já percorreu uma trajetória maior na música e toca clarinete, um segundo passo que  faz com que ele participe do trabalho da Banda Sinfônica, regida pelo maestro Marcos Arcari.
Através do trabalho do Maestro Marcos Arcari e do professor Victor Bilhar os meninos ganham novas oportunidades para suas vidas, já que o trabalho desenvolve disciplina, concentração e a autoestima das crianças. “São incontáveis os benefícios que a música traz para a vida dessas crianças. Além da aprendizagem do instrumento musical, elas aprendem a trabalhar em grupo, desenvolver a escuta e ainda a expressão corporal durante as aulas.”, disse Marcos.


O pai dos meninos, Samuel Blaskowski afirma  que os meninos são muito dedicados e que o projeto auxilia para colocá-los no bom caminho. Somando ao trabalho feito por ele e a mãe , Daiane. “Com o projeto os meninos melhoram seu desempenho escolar, suas notas, sua disciplina. Através do projeto eles ocupam seu tempo com algo que agrega para o futuro deles. Eu indicaria esse projeto a todos os pais e alunos, porque ele é sensacional”, finalizou o pai.
Mais de 400 crianças fazem parte dessa iniciativa que acontece no município de Caçador e Videira. Segundo a presidente do Instituto Humaniza - instituição responsável por coordenar o projeto, Magna Regina, o Músicos do Contestado conta com o apoio financeiro de tantas empresas e pessoas físicas, porque de fato promove a diferença na sociedade.
“Para nós fica fácil compreender que tais empresas sejam apoiadoras de um projeto tão grandioso. O projeto Músicos do Contestado vem trazendo transformação para diversas comunidades, dando mais opções de vida para as crianças e adolescentes através da arte.”, finalizou Magna. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Assistência Social recebe doação de 156 cestas básicas
OAB/SC entrega medalha Florisvaldo Diniz e homenageia jubilados em Caçador
Novo terminal rodoviário deverá entrar em funcionamento em 16 de agosto
Caçador amanhece com - 6°C
Equipe de trabalho finaliza análise para alterações na Lei do Serviço de Inspeção Municipal
Caçador: Pedido de isenção de IPTU 2021 encerra neste sábado
Débitos com o município podem ser parcelados em até 84 vezes
Gelo na pista causa acidente e mata policial militar em Santa Catarina
Amanhecer gelado e neve em várias cidades de SC
Maria Fumaça passa por inspeção para recuperação histórica