Pesquisa investiga a variação no preço de combustíveis e gás de cozinha

Tanto em Caçador quanto em Fraiburgo, os combustíveis sofreram aumentos no preço praticado no mês de julho em comparação ao mês de setembro

Uma pesquisa realizada pela Universidade do Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP), sob a supervisão do professor mestre Leandro Hupalo, revelou o preço praticado para combustíveis (gasolina comum e aditivada, etanol, diesel e diesel S10) e gás de cozinha (botijão de 13 kg) entre os meses de julho e setembro, deste ano, nos municípios de Caçador e Fraiburgo.

Tanto em Caçador quanto em Fraiburgo, os combustíveis sofreram aumentos no preço praticado no mês de julho em comparação ao mês de setembro. Em Caçador, entre o preço aferido em julho e o preço aferido em setembro, o etanol (14,78%) foi o combustível que apresentou maior variação positiva e o diesel (3,41%) foi o combustível com menor variação positiva de preço, de modo que o gás de cozinha apresentou uma variação de 2,96%.

Já em Fraiburgo, na mesma comparação, o combustível que apresentou maior variação positiva foi o etanol (7,08%) e a gasolina comum (4,78%) foi o combustível com menor variação positiva de preço, de modo que o gás de cozinha apresentou uma variação de 7,71%.

A pesquisa consiste no levantamento do preço do litro dos combustíveis e do gás de cozinha quinzenalmente, de modo que os estabelecimentos visitados por acadêmicos bolsistas orientados pelo professor. A pesquisa tem o objetivo de divulgar o preço médio dos combustíveis e do gás de cozinha nos municípios, bem como sua variação a partir de relatórios mensais.

O estudo da UNIARP, é realizada com financiamento do Fundo de Apoio à Pesquisa (FAP), UNIEDU e do Programa de Apoio à Extensão e Cultura (PAEC), sendo mantidos oito acadêmicos bolsistas. Para ter acesso ao relatório completo, acesse: https://www.uniarp.edu.br/home/combustiveis-pesquisa-uniarp/

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Pesquisa da UNIARP aponta que comida está ficando cada vez mais cara
ACIC/Caçador em parceria com a SCPC Boa Vista
BRK Ambiental promove negociação de débitos
Vendas a prazo e cobranças foram temas de palestra na ACIC
Correção anual inflacionária das tarifas de água de Caçador é de 12,95%
Parceria entre BRK Ambiental e PicPay oferece dinheiro de volta
Prorrogado o prazo para parcelamento de débitos com o município
Pesquisa da UNIARP aponta que a comida ficou mais cara em setembro
Pesquisa investiga a variação no preço de combustíveis e gás de cozinha
Números do 2º quadrimestre são apresentados em Audiência Pública