Pesquisa da UNIARP aponta que comida está ficando cada vez mais cara

Os dados evidenciaram que em Caçador houve uma variação média do valor da cesta básica de 4,80% e em Fraiburgo de 0,13% entre setembro e outubro

A pesquisa mensal realizada pelo professor Leandro Hupalo e bolsistas da UNIARP, constatou que efetivamente a cesta básica está ficando mais cara para os consumidores em Caçador e Fraiburgo. O professor e os estudantes estão realizando acompanhamento mensal, com base na metodologia adotada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – DIEESE, que desde 2016, realiza a pesquisa nas 27 capitais do país.

Os dados evidenciaram que em Caçador houve uma variação média do valor da cesta básica de 4,80% e em Fraiburgo de 0,13% entre setembro e outubro de 2021. Para o mês de outubro o custo da cesta básica apresentou um valor de R$ 549,86 para Caçador e de R$ 483,25 para Fraiburgo. Em ambos os municípios pesquisados, ocorreu aumento no preço da cesta básica.



Analisando o acumulado desde janeiro em Caçador, pode-se perceber que os itens que apresentam maior variação positiva de preço são: tomate (79,70%), a carne (56,67%) e o óleo de soja (50,96%). A cesta básica, de modo geral, apresentou uma variação acumulada positiva de 42,62% em Caçador desde janeiro de 2021.



Em Fraiburgo evidencia-se que os itens que apresentaram, entre os meses de janeiro e outubro, a maior variação positiva acumulada são: tomate (47,20%), o açúcar (39,36%) e a carne (36,75%). A cesta básica, de modo geral, apresentou uma variação acumulada positiva de 20,85% em Fraiburgo desde o início do ano.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Pesquisa da UNIARP aponta que comida está ficando cada vez mais cara
ACIC/Caçador em parceria com a SCPC Boa Vista
BRK Ambiental promove negociação de débitos
Vendas a prazo e cobranças foram temas de palestra na ACIC
Correção anual inflacionária das tarifas de água de Caçador é de 12,95%
Parceria entre BRK Ambiental e PicPay oferece dinheiro de volta
Prorrogado o prazo para parcelamento de débitos com o município
Pesquisa da UNIARP aponta que a comida ficou mais cara em setembro
Pesquisa investiga a variação no preço de combustíveis e gás de cozinha
Números do 2º quadrimestre são apresentados em Audiência Pública