Parceria viabiliza cirurgias bariátricas e muda vidas em Caçador

São 66 vidas que foram completamente modificadas pela cirurgia bariátrica e neste momento pós Covid os procedimentos retornaram

Na semana em que se comemora o Dia do Médico (18 de outubro), a saúde de Caçador também celebra três anos do início das cirurgias bariátricas na cidade. Uma parceria iniciada em 2018 entre o médico Eduardo Lopes, o CEMTrOM, o Hospital Maicé e a Marlex Brasil, já rendeu muitos frutos. Foram realizadas 66 cirurgias (quase três toneladas de gordura eliminadas pelos pacientes) e publicados três artigos em periódicos internacionais. 

“São 66 vidas que foram completamente modificadas pela cirurgia bariátrica. A satisfação dos pacientes é incrível e demonstra que estamos no caminho certo. Apesar da pandemia ter causado grande impacto na realização do sonho de muitos pacientes. Por vários meses, devido às restrições impostas pela COVID-19 não pudemos realizar as cirurgias bariátricas. Neste momento estamos retomando os procedimentos, inclusive, no mês de outubro, chegamos a um recorde local de 10 cirurgias bariátricas realizadas no mês”, informa o médico Eduardo Lopes, que aproveita para parabenizar toda equipe pelo trabalho e também todos os médicos de Caçador e região.



A cirurgia bariátrica é um procedimento indicado para tratar casos de obesidade grave. A obesidade é o excesso de gordura no corpo, em quantidade que provoque prejuízos à saúde.

A cirurgia bariátrica é recomendada para indivíduos obesos com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 40, por exemplo, uma pessoa de 1,70 metro e 116 quilos ou pessoas que tenham IMC acima de 35, por exemplo, uma pessoa de 1,70 metro e 102 quilos que tenha doenças associadas, como diabetes, colesterol alto, hipertensão, hérnia de disco, esteatose hepática (gordura no fígado), entre outras.

1 COMENTÁRIO(S)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Acadêmicos de Medicina realizam ação para público LGBTQIA+ do Presídio
Prefeitura de Caçador vai zerar fila de exames de mamografia
Guararapes entrega a reforma da ala pediátrica no Hospital Maicé
Prefeitura realiza pedágio de conscientização quanto a Aids
Mais de 400 homens participam do Dia D do Novembro Azul
Calmon adquire ambulância com recursos próprios
Caçador já aplicou mais de 20 mil segundas doses por agendamento
Matriz do Risco aponta 12 regiões no nível moderado e cinco no alto
Saúde do Homem é tema de encontro em Calmon
Secretário de Estado da Saúde visita a UNIARP