Núcleo Jovem da ACIC desenvolve estudo de caso sobre o Hospital Maicé

Objetivo é mostrar toda a luta e a volta por cima para que hoje o local se tornasse novamente referência em atendimento para a região

O Núcleo Jovem Alcateia Empreendedora (NJE) da Associação Empresarial de Caçador (ACIC), lançou no mês de setembro o primeiro episódio do estudo de caso que conta a história do Hospital Maicé, desde o período de 2013 quando estava para fechar suas portas, até o momento atual com a virada e a referência em saúde que novamente se tornou para a região. Esta é a nona produção do NJE, que está em sua terceira temporada.

O vice-coordenador do NJE e um dos idealizadores do podcast, Bruno Rozalen Tesser, disse que a ideia de gravar a terceira temporada em cima do case do Hospital Maicé, foi primeiramente para mostrar para a comunidade de Caçador e região, tudo que acontece no  hospital e como conseguiu reverter a situação em que se encontrava há alguns anos, prestes a fechar, e que hoje é um exemplo a ser seguido por outras unidades de saúde, e sempre em busca de melhorar o atendimento.



Parte fundamental disso foi a participação da Associação Empresarial de Caçador (ACIC) que encabeçou a criação do Conselho Consultivo do Hospital Maicé, formado por um grupo de empresários que tanto contribuíram financeiramente de forma pessoal, como mobilizaram diversos setores da sociedade em todo o Brasil para levantar o hospital, realizando promoções, sorteios e assim arrecadando fundos. Sem contar as comitivas até Brasília para buscar recursos federais contando com o apoio do poder público municipal e deputados.

“O Hospital Maicé é de extrema importância para Caçador e região e é preciso fazer com que as pessoas entendam todo este processo pelo qual o local passou desde 2013 até hoje, com os investimentos, chegada de profissionais e equipamentos, entre outros. E por tudo que já conhecemos, sabemos que a diretoria do Hospital e os membros do Conselho Consultivo querem melhor ainda mais a estrutura. Quem escutar o nosso podcast vai se arrepiar desde o início, porque é uma história emocionante e vai entender tudo que aconteceu no passado, até chegarmos a essa virada positiva. Acreditamos muito nesse case do Hospital Maicé, para que sirva de exemplo para as pessoas, e nós como Núcleo Jovem contando essa história foi a forma que encontramos de também ajudar o Hospital a ser respeitado como deve, e apresentado como hoje é, uma referência”, declarou Bruno Tesser. 



O segundo episódio do podcast sobre o Hospital Maicé sairá ainda no mês de outubro pelo Núcleo Jovem da ACIC, preparando para o terceiro em novembro, o quarto em dezembro e quem sabe ainda um quinto episódio para janeiro de 2022. A coordenação do NJE Alcateia agradece o apoio de todos que estão contribuindo neste projeto e o suporte da ACIC para as ações desenvolvidas pelo Núcleo.

O episódio pode ser encontrado nas plataformas Spotify, apple podcast, google podcast, pesquisando “Na Boca do Lobo”. Confira o primeiro episódio pelo Spotify https://open.spotify.com/show/081epQGHSjaS1uaI8baNWr?si=kU5ZU9R6R5O5E0IgmP4XyA

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Macieira irá implantar Estação de Tratamento de Efluentes
Caçador recebe R$ 100 mil para ações voltadas à inovação local
UNIARP concede título Doutor Honoris Causa para André Motta
Associação dos Amigos dos Autistas tem nova diretoria
“Pai nosso onde está o céu?” é sucesso em seu lançamento
Um trimestre de tirar o fôlego para o projeto Músicos do Contestado
Inscrições abertas para a 7ª edição do Contestágil
Escritor caçadorense lança nova obra na Câmara de Vereadores
Câmara Regional de Educação discute escassez de trabalhadores
Aceias recebe Comenda Legislativa