“Não se deve penalizar quem trabalha dentro das normas sanitárias”, destaca Moacir sobre fechamento do comércio

O presidente da Câmara Municipal de Caçador, Moacir D’Agostini (DEM), externou durante sessão ordinária desta segunda-feira (1º) sua preocupação com o comércio local

O presidente da Câmara Municipal de Caçador, Moacir D’Agostini (DEM), externou durante sessão ordinária desta segunda-feira (1º) sua preocupação com o comércio local, com as academias e outros serviços que acabaram fechando ou tiveram suas atividades prejudicadas devido à decisão do governo do Estado em fazer lockdown.
Segundo ele, estes estabelecimentos, que já sofreram com as paralisações em 2020, têm seguido à risca todas as normas sanitárias e não devem ser penalizados. “Ao fechar um comércio legal, que segue todas as orientações de saúde, acaba-se incentivando a clandestinidade. Ações como esta do Governo do Estado não levam em conta como as pessoas que sobrevivem do comércio vão pagar suas contas e sustentar suas famílias no final do mês. Penso que deve haver sim a fiscalização e punição para quem não cumprir as normas, mas não penalizar quem está trabalhando corretamente”, finaliza.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caminhão é flagrado carregando toras de pinheiro ilegal em Lebon Régis
Gibiteca abre inscrições para Oficina de Desenhos na próxima segunda-feira, 19
Núcleo de RH da ACIC promove live sobre saúde mental neste sábado
Nova lei de trânsito entra em vigor na segunda (12); veja o que muda
Feira do Produtor Rural reaberta na Beira Rio
Empresa de Caçador é multada em mais de R$ 10 mil por crime ambiental
Gafanhotos gigantes intrigam moradores de Água Doce e região
Marido da vice-prefeita de Lebon Régis morre vítima da Covid-19
BRK Ambiental vai instalar novos equipamentos no bairro dos Municípios
Iniciada entrega de madeiras derrubadas na Taquara Verde durante Ciclone Bomba