Meioeste dá dicas para separar o lixo de pessoa com Covid-19

Uma simples fita vermelha na ponto do saco plástico pode contribuir na preservação da saúde das pessoas



A empresa Meioeste Ambiental que atua em Caçador na gestão do lixo urbano, coleta e coleta seletiva, apresenta dicas aos cidadãos quanto a separação do lixo domiciliar, neste momento de pandemia, principalmente para as famílias onde existem pessoas acometidas pela Covid-19 e que estão cumprindo o isolamento em casa.
 


As informações básicas de higiene para esta situação já foram amplamente divulgadas pela imprensa caçadorense e Vigilância Epidemiológica, sobre a separação dos objetos, louças, talheres, toalhas e material de higiene da pessoa que estiver contaminada e isolada em casa, além é claro do total distanciamento dos demais membros da família.
 
Mas outro ponto deve ser apreciado com cuidado pelos cidadãos, sendo a hora do descarte deste lixo produzido pela pessoa com Covid-19. O gerente de operações da Meioeste, Marcos Simas, explica que a dica é, ao separar o lixo da pessoa doente pelo novo coronavírus, que seja amarrada uma fita vermelha na ponta do saco ou sacola utilizada, pois dessa forma os coletores irão identificar e terão a exata noção para o manuseio e descarte do material durante a coleta.
 
“Essa atitude é simples e sem dúvida irá preservar a saúde dos nossos coletores e por consequência de muitos cidadãos, pois eles também poderão fazer o descarte correto do material. Todos possuem família e desejam voltar para casa após o trabalho sabendo que tudo correu bem. Pedimos a compreensão de todos para que nos auxiliem nesta ação. Outra dica é pulverizar com álcool 70% todo o lixo produzido pela pessoa que está com Covid-19 em casa, e também pulverizar o saco de lixo”, ressalta Simas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Internações apresentam queda acentuada em Caçador
UNIARP entrega Ambulatório de Saúde em Lebon Régis
34 anos ou mais: Nova ação de vacinação em Caçador
Prefeitura recebe da BRK Ambiental um armazenador de vacinas
Lebon Régis inaugura Sala de Tratamento por Ozonioterapia
Caçador: Vacinação é ampliada para pessoas com 36 anos ou mais
Terça-feira: Vacinação Covid para 38 anos ou mais em Caçador
Covid-19: Novo decreto amplia alguns horários de atendimento em Caçador
Rio das Antas diminui casos de Covid-19 após medidas
Recorde: Mais 2780 pessoas são vacinadas, em Caçador