Matriz de Risco aponta três regiões em nível grave e 13 em situação gravíssima

Índices em Santa Catarina continuam elevados e os cuidados devem ser mantidos quanto a todos os protocolos de saúde

A Matriz de Risco Potencial divulgada neste sábado, 15, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) aponta que três regiões de Santa Catarina foram classificadas no patamar grave (cor laranja) e outras 13 na situação gravíssima (cor vermelha) para a transmissão da Covid-19.

As regiões de Grande Florianópolis, Médio Vale do Itajaí e Nordeste foram classificadas como grave. A melhora ocorreu após duas semanas consecutivas sem alterações, onde apenas a região da Grande Florianópolis permanecia nesse patamar.

A exemplo da semana passada, a Grande Florianópolis não foi classificada em nível gravíssimo em nenhum dos quatro índices avaliados pela matriz: evento sentinela (elevação do número de óbitos); transmissibilidade (variação do número de casos); monitoramento (número de exames RT-PCR para Covid-19 processados pelo Lacen) e capacidade de atenção (ocupação dos leitos de UTI).

A única região avaliada com risco máximo em todos os quesitos foi a do Alto Vale do Rio do Peixe, que envolve Joaçaba, Água Doce, Campos Novos, Treze Tília, Capinzal, Catanduvas, entre outras.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caçador: Vacinação Covid sábado para pessoas com 52 anos ou mais
Meio-Oeste de SC lidera número de casos ativos para Covid-19
Confira os grupos para vacinação Covid nesta terça-feira em Caçador
Covid-19: Todas as regiões de SC estão em alerta máximo
Casal é preso por tráfico de drogas no bairro Nossa Senhora Salete
Prefeitura vai ampliar atendimentos de Saúde em Taquara Verde
Uniarp conquista Comitê Não Pleno da IFMSA Brazil
Caçador: Vacinação para pessoas com 57 anos ou mais nesta terça-feira
Caçador registra 14 mortes por Covid em cinco dias