Daniela Tombini será homenageada com a Ordem do Mérito Industrial

A condecoração será dia 24 de junho e reconhece personalidades e instituições que atuam na promoção do desenvolvimento da indústria catarinense

A Federação das Indústrias (FIESC) anunciou nesta terça-feira (3), o nome dos agraciados com a Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina de 2022. A empresária Daniela Tombini foi selecionada e receberá a mais significativa homenagem da indústria catarinense.

A condecoração será realizada no dia 24 de junho, na sede da entidade, em Florianópolis. Na mesma solenidade, a Confederação Nacional da Indústria concederá a Ordem do Mérito da CNI ao catarinense César Gomes Júnior, do grupo Portobello, de Tijucas.

Também serão homenageados os industriais: Antônio Deoclesio Pavei, fundador da Pavei Empreendimentos (Criciúma); Eduardo Ernesto Zortea, fundador da Estrutural Zortea (Campos Novos); Felipe Hansen, presidente do Conselho de Administração da Tigre (Joinville) e Walter Osli Koerich, fundador da WKoerich Imóveis (Florianópolis).

A Ordem do Mérito Industrial de SC foi instituída pela FIESC no ano de 2000 para reconhecer personalidades e instituições que atuam na promoção do desenvolvimento da indústria catarinense. São concedidas no máximo cinco distinções por ano.

A Ordem do Mérito da CNI foi criada em 1958 e até agora já homenageou 30 industriais catarinenses, sendo Gomes Júnior o 31º.

O presidente interino da FIESC, Gilberto Seleme e o vice-presidente regional Leonir Tesser parabenizam a empresária pela justa homenagem. “A Daniela Tombini é um grande exemplo de empresária, de empreendedora, que venceu desafios e inova a cada dia. É um grande exemplo”, destaca Gilberto Seleme.

“É o reconhecimento de uma história empresarial de muito sucesso e com forte atuação na solidariedade”, comenta Leonir Tesser.

História de sucesso

A história empreendedora começou em 1992, quando Daniela Tombini ganhou de presente um chinelo e neste gesto, percebeu a possibilidade de iniciar um novo negócio. Com criatividade e esmero, iniciou a confecção de chinelos artesanais, dando início a um pequeno negócio familiar. No início, produzia os chinelos em casa, utilizando o espaço que tinha disponível.

Com o tempo, foi necessário encontrar um local maior. Então, em dezembro de 1993, Daniela Tombini fundou a empresa que leva seu nome, sediada na cidade de Caçador (SC), com uma área construída de apenas 50 m².

Buscando inovação para satisfazer seus clientes, em 1996 lançou uma nova linha de produtos composta de chinelos atoalhados, sendo a primeira empresa no Brasil que confeccionou os chinelos laváveis à máquina e com solado antiderrapante. Com esta novidade foi preciso desenvolver um tecido apropriado para sua fabricação, gerando outras ideias, como a confecção de robes.  
    
O chinelo e o robe trouxeram a necessidade da peça principal: o pijama. Com este, inaugurou-se uma nova fase da empresa, buscando novos materiais e investindo no diferencial. Em 1999 a empresa começou a produzir coleções, e em 2000 foi lançado o primeiro catálogo. Em 2001, com 80 colaboradores, inaugurou um novo parque fabril, mais moderno e funcional, com 7.500 m² de área construída.

Entre seus marcos está o chinelo confeccionado para o Papa Bento XVI em sua visita ao Brasil.

Com mais de 28 anos da fundação a empresa Daniela Tombini foi se renovando e se reinventando a cada coleção. Iniciou com chinelos atoalhados, depois robes, depois pijamas, moda íntima, moda casual, fitness e hoje o mote da marca é vestir a mulher 24 horas por dia, com uma produção de 900 referências em cada coleção.

Hoje a empresa conta com mais de 300 colaboradores diretos e seus produtos são vendidos em todo o País por uma rede de representantes para lojas multimarcas, e-commerce atacado e varejo e também nossas lojas-conceito.

Relevante atuação social

A empresária desempenha um papel relevante de apoio e parceria com ações em prol de entidades do município e do hospital da cidade. Anualmente realiza bazar beneficente em prol de alguma entidade de atendimento do município.

É uma grande parceira da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Caçador e do Projeto A Semente – da cidade de Jaraguá do Sul, com lançamento de campanhas no mês de outubro, com parte da venda revertida para ajudar essas entidades.

É integrante do Núcleo de Mulheres Empreendedoras de Caçador onde compartilha a sua experiência, conhecimento e ideias para o desenvolvimento do grupo.
Envolvida com a causa animal, Daniela é uma das idealizadoras da Associação Patinhas do Bem com foco no cuidado dos animais. Também criou o grupo Amigas da Daniela onde arrecada recursos para a compra de ração em prol de abrigo de animais.

No início da pandemia mobilizou um grupo de voluntários para a confecção de E.P.I’s. No total foram doados mais de 10 mil jalecos e 40 mil máscaras para entidades de Caçador e região.

Em 2013 recebeu pela empresa Daniela Tombini o Selo Social pela Câmara de Caçador, prêmio que visa estimular o comprometimento no empresariado caçadorense e premiar os que cumprem a responsabilidade social. 

Em 2019 recebeu o Prêmio Ser Humano de SC na modalidade Gestão de Pessoas – Desenvolvimento, concebido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos do Estado (ABRH-SC).

Em 2021 teve sua empresa certificada pela Consultoria Global Great Place To Work - GPTW que reconheceu a empresa como um excelente lugar para se trabalhar.

Nesse mesmo ano, recebeu a honraria de Destaque Caçadorense reconhecida pela Câmara Municipal de Caçador pela contribuição de suas respectivas atuações no desenvolvimento do Município.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Destaques Caçadorenses são homenageados na Câmara
Morre o empresário Augusto Francio
Núcleo de RH da ACIC lota o teatro da Uniarp com palestra de Rogério Chér
Distrito de Taquara Verde tem 10 ruas asfaltadas
Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes é abordado em Caçador
Pastoral da Pessoa Idosa completa 9 anos em Caçador
Profissionais da FIESC participam de capacitação sobre diversidade e inclusão
Apresentados projetos e demandas do Turismo de Caçador
Prefeitura realiza melhorias em todas as praças de Caçador
Festa da Fogueira e do Quentão com inscrições para Food Trucks