Caçador deve definir novas ações contra Covid-19 nesta terça

As novas medidas estão sendo tomadas em conjunto com o Governo do Estado de SC, em reunião que acontece nesta tarde

Em função do avanço da Covid-19 em Santa Catarina, novas ações para o enfrentamento da doença devem ser apresentadas pelo governo do Estado ainda nesta terça-feira (23).
A expectativa é de que as novas medidas, que deverão incluir restrição de horários e ações para reduzir a circulação de pessoas, sejam divulgadas após reunião marcada para esta tarde. A restrição de horários já foi adotada pelos estados do Paraná e do Rio Grande do Sul.
O encontro reúne o governador Carlos Moisés, a Fecam (Federação Catarinense de Municípios), os prefeitos das maiores cidades do Estado, o MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) e a Alesc (Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina). Inclusive, o prefeito de Caçador, Saulo Sperotto, está participando da reunião.
Pela manhã, Carlos Moisés se reuniu com os governadores do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e do Paraná, Ratinho Junior.
Durante o encontro, foi definida a criação de um grupo interestadual com os secretários de Saúde e equipes dos três Estados, que registram aumento significativo de casos da doença.
Novas medidas estão sendo discutidas desde a semana passada. O objetivo do debate é entender quais medidas são mais adequadas para o momento e quais serão os impactos.
Vale lembrar que os resultados das novas restrições requerem um tempo mínimo de sete a 14 dias.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Matriz de Risco aponta a volta de todas as regiões para o nível gravíssimo
Fique atento aos sinais
Celso Maldaner destina mais R$ 250 mil ao Hospital Maicé
Vacinação para idosos, com 65 anos ou mais, nesta sexta-feira (16)
BRF realiza doação de recursos ao Hospital Maicé
Caçador inicia campanha de vacinação contra a Gripe
Terça-feira: Vacinação para idosos com 66 anos ou mais, em dois pontos de Caçador
A poucos passos da felicidade
Hospital procura por família de paciente sem identificação
Presidente do Avaí Kindermann é internado com Covid-19