Bombeiros Voluntários salvam homem de incêndio em Caçador

Ao final deste resgate, um atropelamento aconteceu a poucos metros de onde estava a guarnição, que prontamente atendeu o ocorrido



Guarnições de Combate a Incêndios do Corpo de Bombeiros Voluntários de Caçador atenderam um chamado na manhã desta segunda-feira (11) sobre fogo em residência no prolongamento da Avenida Salgado Filho.

No local, ao iniciar os procedimentos de combate ao incêndio os bombeiros tiveram a informação de que poderiam haver vítimas no interior da casa. Os combatentes equipados com equipamento de proteção respiratória iniciaram as buscas pelas vítimas e logo encontraram um homem, de iniciais J. L (43 anos) que apresentava inconsciência, dispneia e queimaduras graves na face, vias aéreas e parte do corpo somando um total de aproximadamente 23% da are corpórea atingida com lesão de 1º e 2º grau.



Após ser retirado do interior da residência foi conduzido ao Hospital Maicé pela Unidade de Resgate da corporação para atendimento médico.

Caso Inusitado

No termino do atendimento da ocorrência de incêndio e resgate desta vítima de queimadura, um atropelamento ocorreu a poucos metros de onde os bombeiros voluntários estavam.


Os combatentes correram para dar o primeiro suporte até a chegada de outra Unidade de Resgate. A vítima era uma senhora de 70 anos, que apresentava ferimentos e foi conduzida ao Hospital Maicé para atendimento médico.
 
Créditos - Centro de Comunicação Social dos Bombeiros Voluntários de Caçador.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

PM realiza Operação Barriga Verde na área do 15º BPM
Sargento Fabiano assina a reserva remunerada
PM alerta para roubos a pedestres e frequentadores de estabelecimentos
Homem é preso por tráfico de drogas em Caçador
Morre o policial civil Pedro Dias
Polícia Civil de Caçador autua homem por importunação sexual
Bombeiros Voluntários salvam homem de incêndio em Caçador
Homem é preso em flagrante furtando trailer de lanches
Preso em Caçador homem procurado pela justiça do Paraná
Homem é preso após agredir novamente a ex-companheira