Bombeiros Voluntários realizam parto domiciliar em Caçador

Mais uma vida caçadorense vem ao mundo com o auxílio dos bravos representantes da corporação



Os Bombeiros Voluntários de Caçador mais uma vez comprovam a eficácia de seus atendimentos e no sábado, dia 12 de junho, a guarnição composta por Tomas, Muller e Suszek, auxiliaram uma mãe a ter sua filha em um parto domiciliar, trazendo ao mundo mais uma caçadorense.

Por volta de 19h, a Corporação foi acionada para uma emergência médica no bairro Martello, tratando-se de uma mulher de 42 anos que estava entrando em trabalho de parto. Ao chegar no local, diante do parto que já estava em andamento e sem tempo para chegar ao Hospital Maicé, os bombeiros auxiliaram a mãe para que a filha nascesse com segurança.

Durante a escola de formação, os Bombeiros Voluntários são treinados para atendimento de parturientes e realização de partos naturais quando em atendimentos de emergência, dentre várias outras situações.

“Considerando o momento que vivemos de pandemia em que são atendidas muitas pessoas com problemas de saúde, é muito gratificante noticiar situações como esta em que o nascimento de uma criança traz a alegria e a esperança de dias melhores para os pais, os familiares e os amigos que aguardavam ansiosamente por seu bebê. Desejamos muita saúde e alegria para essa família, e dizer que estamos sempre apostos para toda a comunidade a qualquer momento”, disseram os bombeiros.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Assistência Social recebe doação de 156 cestas básicas
OAB/SC entrega medalha Florisvaldo Diniz e homenageia jubilados em Caçador
Novo terminal rodoviário deverá entrar em funcionamento em 16 de agosto
Caçador amanhece com - 6°C
Equipe de trabalho finaliza análise para alterações na Lei do Serviço de Inspeção Municipal
Caçador: Pedido de isenção de IPTU 2021 encerra neste sábado
Débitos com o município podem ser parcelados em até 84 vezes
Gelo na pista causa acidente e mata policial militar em Santa Catarina
Amanhecer gelado e neve em várias cidades de SC
Maria Fumaça passa por inspeção para recuperação histórica