Acadêmicos de Medicina participaram de palestra sobre currículo competitivo

A conversa sobre a carreira médica teve a participação de 35 acadêmicos, em um evento que seguiu todos os protocolos de segurança

Dia 27 de setembro, acadêmicos do curso de Medicina da UNIARP, integrantes do comitê não pleno da Federação Internacional das Associações de Estudantes de Medicina do Brasil (IFMSA Brazil UNIARP) realizaram o primeiro evento presencial do curso na sala de aula invertida da UNIARP. A ação pertencente ao eixo Educação Médica e apresentou o tema “Currículo Competitivo”.

Os palestrantes foram os professores Vinicius Lotto Maeta e Ariana Centa. A conversa sobre a carreira médica teve a participação de 35 acadêmicos, em um evento que seguiu todos os protocolos de segurança.


Na palestra, os convidados falaram sobre o aumento do número de faculdades de medicina no Brasil e de acadêmicos de medicina na América do Sul, pontuando sobre o planejamento de carreira e de residência. Também relataram sobre questões salariais, como diferenças salariais em regiões e funções distintas.

O diretor do eixo de Educação Médica do comitê, Kennyel Velozo, relata que o setor está comprometido em aprimorar a educação dos futuros médicos, formados pela UNIARP. Segundo ele, o evento foi importante para que todos os acadêmicos pudessem pensar no futuro pós formatura em como sobreviver em um mundo competitivo fora da universidade, além de apontar os diferenciais que a UNIARP traz para um currículo competitivo no curso de Medicina desde a graduação. “Esperamos que os acadêmicos se conscientizem e iniciem um planejamento de carreira após o evento”, completa.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Dia D do Outubro Rosa será realizado neste sábado, 23
Caçador atinge 10 mil aplicações da segunda dose por agendamento
Família pede ajuda para salvar o filho com esclerose
Caçador tem 3 pacientes na UTI Covid do Hospital Maicé
Parceria viabiliza cirurgias bariátricas e muda vidas em Caçador
Rede Feminina promove Caminhada Rosa
Matriz de Risco aponta 14 regiões no nível alto e três no moderado
Recepcionados novos agentes comunitários de saúde e endemias
Com atendimento 24h, SESI oferece telemedicina às indústrias
Aprovado projeto que regulamenta piso salarial dos agentes de saúde e combate às endemias