Acadêmica e professora da Uniarp pesquisam seleção de genótipos de feijão

A resistência genética é uma estratégia eficiente utilizada em programas de melhoramento

Um projeto mantido pelo Fundo de Apoio à Pesquisa (FAP) da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP), está investigando a seleção de genótipos de feijão de alta produção e com resistência a patógeno causador da antracnose (Colletotrichum lindemuthianum).



O projeto de iniciação científica está sendo desenvolvido pela acadêmica do curso de Agronomia, Bruna Gustmann Lazzaretti sob a orientação da professora doutora Nicole Trevisani. A pesquisa começou a ser desenvolvida em fevereiro e terá duração de 12 meses.

De acordo com a acadêmica Bruna, a resistência genética é uma estratégia eficiente utilizada em programas de melhoramento, em que a partir da seleção inicial entre diferentes genótipos e a hibridação destes genótipos resistentes selecionados com cultivares de alto potencial produtivo, resulta em novos genótipos, agronomicamente superiores.



Assim, as atividades do projeto de iniciação científica, estão sendo conduzidos no Horto Municipal de Caçador, em que estão sendo avaliados dez genótipos a campo, quanto a resistência a antracnose, por meio de uma escala diagramática de notas, proposta pelo Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT).



Após essa etapa inicial, serão realizados cruzamentos manuais, entre genótipos resistentes e cultivares produtivas. A expectativa é que os resultados finais da pesquisa, trarão informações importantes aos produtores rurais da região Sul, mais especificamente a região do Alto Vale do Rio do Peixe.

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=qY8Vtpt1Mkw

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caminhão é flagrado carregando toras de pinheiro ilegal em Lebon Régis
Gibiteca abre inscrições para Oficina de Desenhos na próxima segunda-feira, 19
Núcleo de RH da ACIC promove live sobre saúde mental neste sábado
Nova lei de trânsito entra em vigor na segunda (12); veja o que muda
Feira do Produtor Rural reaberta na Beira Rio
Empresa de Caçador é multada em mais de R$ 10 mil por crime ambiental
Gafanhotos gigantes intrigam moradores de Água Doce e região
Marido da vice-prefeita de Lebon Régis morre vítima da Covid-19
BRK Ambiental vai instalar novos equipamentos no bairro dos Municípios
Iniciada entrega de madeiras derrubadas na Taquara Verde durante Ciclone Bomba