Como todos já sabem, o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) já deu pano pra manga em Caçador, desde o evento da prisão do produtor rural Petrykowski por causa dos seus queijos. Mas a Câmara de Vereadores está se mexendo.

O presidente da Comissão de Agricultura, vereador Jean Carlo Ribeiro (PSD), se reuniu na semana passada com o secretário de Agricultura de Videira, João Locatelli Antunes, para conhecer um pouco mais sobre o funcionamento do SIM da cidade vizinha. Jean Carlo também está a frente do grupo de trabalho que atua na proposta de alterações na legislação municipal caçadorense.

Ele explica que a legislação que rege o SIM de Caçador passará por adequações e nas próximas semanas o Executivo deverá encaminhar à Câmara um projeto de lei desta natureza visando especialmente flexibilizar a legislação do Serviço de Inspeção Municipal.

Brinquedos adaptados

O vereador Leandro Sawchuck (DEM) apresentou indicação ao Executivo solicitando adequações nas principais praças da cidade, adaptando os brinquedos para a inclusão de crianças com deficiência. O pedido se refere às praças Nossa Senhora Aparecida, Berger e Parque Central.



Centro de Reabilitação

Com a notícia de que Caçador voltará a contar com o atendimento de médicos peritos na agência local do INSS e, por determinação judicial, o Instituto terá também que disponibilizar o serviço de reabilitação, a vereadora Lidiane Cattani (PP) chamou atenção durante sessão ordinária para a necessidade da implantação de um Centro de Reabilitação Profissional (CRP), para atender os segurados, possibilitando sua inserção ao mercado de trabalho, aliada a qualidade de vida.



De olho nas rodovias

O deputado estadual Valdir Cobalchini (MDB) acompanhado do chefe de gabinete, João Paulo Paixão, manteve na semana passada audiência com o secretário de Estado da Infraestrutura, Thiago Vieira. O assunto? Nossas rodovias.



Com uma extensa pauta, o deputado tratou da situação da SC-120 entre Curitibanos e Lebon Régis, muito usada também pelos caçadorenses e que tem sido palco de diversos acidentes pela precariedade do asfalto. Também falaram da situação da SC-350 de Caçador até a BR-116 passando por Lebon Régis. E na mesma rodovia o caótico trecho entre Caçador e a BR-153, passando por Taquara Verde. Outra rodovia em pauta foi a SC-135 entre Caçador, Rio das Antas e Videira, incluindo asituação da nova ponte em Rio das Antas que está com as obras paralisadas. Falou também de obras necessárias na SC-462 entre Matos Costa e General Carneiro, e demais melhorias em outras regiões do Meio Oeste e Oeste.

Importante essa participação do deputado, indo até o gabinete do secretário de Infraestrutura, que já esteve por aqui. As obras são emergenciais. Vidas estão em risco.

DEIXE SEU COMENTÁRIO