O dicionário define amigo como: ‘indivíduo com quem se tem uma relação de amizade, de afeto, e de companheirismo’. Ter amigos é fundamental para uma vida saudável; muitos estudos comprovam isso. O convívio nos faz sentir escolhidos e acolhidos.A bíblia é exemplo do uso de temas sobre amizade, principalmente no livro de Provérbios:“O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade” (Pv 17.17).“Quem tem muitos amigos também pode chegar à ruína, mas existe amigo mais apegado que um irmão” (Pv 18.24).“Um olhar amigo alegra o coração; uma boa notícia faz a gente sentir-se bem” (Pv 15.30).

Numa conversa com os discípulos, Jesus declara: “Já não os chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz. Em vez disso, eu os tenho chamado amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu tornei conhecido a vocês” (João 15.15). O amigo é solidário e inspira confiança. Salomão, quando já idoso, escreveu sobre o valor de ter amigo:“Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se” (Eclesiastes 4.10).

A vida é aprendizado permanente na busca da felicidade. Molly Wigand, no livro ‘Como ser amigo’, ensina às crianças valores que ajudam construir amizades sinceras: Lealdade, Verdade e Honestidade.Na música ‘Mais que irmão’, Tony Carreira, cantor português que fez muito sucesso em Portugal e França, a partir de 1988, termina enaltecendo a amizade: “E eu também sei que aprendi tanto contigo.Mas, foi o amor de amigo,que mais me marcou”.

O salmista Davi ressalta a importância da verdadeira amizade num conhecidíssimo poema; em três versículos enfatiza a união como aspiração de bênção e santidade de Deus: “Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união (sentam juntos). É como óleo precioso derramado sobre a cabeça, que desce pela barba de Arão, até a gola das suas vestes (sinal de bênção). É como o orvalho do Hermom quando desce sobre os montes de Sião. Ali o Senhor concede a bênção da vida para sempre” (Salmo 133).

A amizade verdadeira dura para sempre e é exercício salutar, tanto para quem dá como para quem recebe. Jesus nos oferece sua amizade: “Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ensinei” (João 15.14). Que nossa obediência resulte em bênçãos de paz, saúde e vida longa.
Elias Colpini – pastorelias@conection.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO