Há pouco mais de um mês eu escrevi nesta coluna que o nome do prefeito de Lebon Régis, Douglas Mello, era para ser guardado porque no futuro seria lembrado, e agora chega o primeiro convite das lideranças do PDT em Santa Catarina, para que o jovem administrador municipal de 44 anos seja um dos candidatos a deputado federal pela sigla em 2022. Em conversa com Douglas, me disse que tudo ainda é preliminar, e que é preciso conversar com suas bases políticas, com a família, e sem descuidar daqueles que o elegeram como prefeito, os cidadãos lebonregenses. Pelo que já pude conhecer, Douglas é de uma nova linhagem de políticos que vem crescendo, com jovens promissores e de mangas arregaçadas, que conhecem os caminhos e certamente irá escolher o que for melhor para todos, ele, partido, família e Lebon Régis.

Em sintonia, lideranças afirmam que o PSD-SC terá candidato a governador em 2022

Em almoço nesta terça-feira, o deputado estadual Milton Hobus, presidente do PSD-SC, o ex-governador Raimundo Colombo e o ex-prefeito de Blumenau Napoleão Bernardes mostraram que estão em sintonia. Eles definiram metas para o trabalho da sigla em Santa Catarina e reforçaram que o partido terá candidato ao Governo do Estado em 2022.



As lideranças, porém, adiantaram que a ideia agora é debater um projeto para Santa Catarina, pensando na eficiência, na desburocratização da máquina pública e na competitividade da economia catarinense.

Hobus afirma que o PSD tem um excelente time, de grandes prefeitos, e a experiência do ex-governador Raimundo Colombo, que fez o Estado “atravessar de pé” a maior crise econômica do país. Hoje, a sigla tem 41 prefeitos, 35 vices e 365 vereadores.

Vacinas para empresas

Nesta terça-feira (6) a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), aprovou o andamento do Projeto de Lei de autoria do deputado Valdir Cobalchini (MDB) que autoriza empresas e demais pessoas jurídicas a adquirirem vacinas em Santa Catarina. “Quanto mais vacinas forem compradas, mais rápido atingiremos o patamar dos 70% de vacinados, necessário para a imunidade coletiva, e mais rápido sairemos desta terrível crise”, disse o deputado.



Mais R$ 600 mil ao Maicé

Aprovado por unanimidade pelos vereadores de Caçador, e nem poderia ser diferente, a destinação de mais R$ 600 mil dos cofres municiais ao Hospital Maicé, para o enfrentamento da pandemia da Covid-19. Os valores são para compra de medicamentos. Vamos em frente.

Apoios da sociedade caçadorense

Vereador Almir Dias (PSDB) durante a sessão ordinária de segunda-feira fez menção ao Caçador Jeep Club que fez uma campanha para arrecadar alimentos em prol do Hospital Maicé, assim como destina 50% da anuidade de seus associados ao Hospital Maicé para compra de alimentos. Também agradeceu a Igreja Evangélica Assembleia de Deus, que irá repassar R$ 99 mil ao Hospital, dividido em seis parcelas, provenientes de dízimos e ofertas de seus fiéis.



BRK pra lá e pra cá

A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgotamento sanitário de Caçador, vive as voltas com elogios e críticas. Desta vez, o vereador Fabiano Dobner (PL) agradeceu o concerto realizado na rua Guilherme Atilio Zardo, mas também pediu explicações da empresa sobre a falta de água diária segundo os moradores, nos bairros Bom Jesus e Municípios.



E com a bola quicando o vereador Moacir D’Agostini (DEM) também aproveitou. Segundo ele, a BRK possui obras em seu contrato com o município de Caçador que devem ser executadas, mas que algumas delas tratam-se de pontos onde os problemas não são críticos. A sugestão do vereador, é para que a empresa se atenha a atender as localidades e bairros do município onde a água tratada ainda não chega, sendo este o ponto fundamental para a saúde dos cidadãos. “Desejo que a BRK faça todas as ampliações que está no seu contrato, mas que antes disso, ofereça atenção para quem não tem água em Caçador. Isso é fundamental”, disse.



Fically

Vereador Fically (PP) fez um alerta aos cidadãos que estão pagando seus carnês do IPTU. Três pessoas já lhe procuraram pois a cota única do carnê apresenta 10% de desconto ao invés dos 20% anunciados nas propagandas. A recomendação é, ao receber seu carnê, fazer a conta para ver se o pagamento em cota única fecha em 20% de desconto, caso contrário procure a regularização.



Mamografia

Vereador Márcio JF (MDB) cobrou uma resolução rápida quanto a uma nova máquina de mamografia que a Administração Municipal adquiriu, mas que ainda não houve o trâmite legal segundo ele, para dar o destino ao aparelho e seu uso propriamente dito. “Gostaria de saber se o mamógrafo vai para o Hospital Maicé ou se o Município irá administrar, para colocar logo em funcionamento porque a fila por exames está grande”, indagou.


DEIXE SEU COMENTÁRIO