Saber como limpar a língua é fundamental para sua saúde bucal. Além de prevenir a diminuição do fluxo salivar, o cuidado ajuda a combater o surgimento de cárie, mau hálito e outros problemas bucais que podem prejudicar o seu sorriso. Embora pareça uma tarefa difícil, limpar a língua é mais fácil do que se imagina.

SABER COMO LIMPAR A LÍNGUA É SINÔNIMO DE SAÚDE BUCAL
Assim como os dentes, a língua também requer alguns cuidados específicos para se manter saudável. Uma boa rotina de higiene, por exemplo, é o principal deles. Saber como limpar a língua deve fazer parte da higiene da cavidade bucal, já que o órgão pode abrigar um número grande bactérias, células descamadas e restos de alimentos. Sendo assim, a má higiene dessa região pode servir como porta de entrada para uma série de problemas bucais, como os gases sulfurosos que causam mau hálito e agravamento de gengivite e periodontite.

ALTERAÇÕES NA LÍNGUA PODEM INDICAR MÁ HIGIENE BUCAL
Muitas das vezes, as mudanças nas características da língua podem indicar a presença de problemas bucais causados pela falta de higiene bucal. A presença de uma placa amarelada, principalmente na região posterior da língua, é um dos sintomas. Isso porque o quadro indica que existe um biofilme maduro, que pode resultar em halitose, gosto ruim na boca e sensação de boca seca, mesmo após a escovação. Além disso, a língua branca pode ser outro indício de que é preciso buscar dicas de como limpar a língua corretamente. Nesse caso, o aspecto esbranquiçado é causado pelo acúmulo de saburra lingual que, por sua vez, é um reflexo da falta de limpeza na região.

BENEFÍCIOS DO LIMPADOR DE LÍNGUA
Os limpadores de língua são inúmeros. Além de evitar a ânsia de vômito, que pode ser gerada pelo uso da escova dental durante a higienização da língua, o acessório garante uma higiene bucal mais adequada e periódica. Ele remove toda a saburra lingual, combatendo o mau hálito e melhorando o paladar, assim como também reduz o risco para doença cárie e doença periodontal, tendo em vista que ao ser removida, o número de microrganismos que poderiam povoar a placa bacteriana diminui.

EXISTEM CONTRAINDICAÇÕES PARA O USO DO LIMPADOR DE LÍNGUA?

Indivíduos com língua geográfica, fissurada ou sensível, por exemplo, devem evitar o uso do acessório. Além disso, lesões herpéticas, aftosas ou qualquer característica que fuja da normalidade de uma língua saudável, lisa e homogênea também pode impedir o uso do item. Por isso, antes de adquirir um limpador de língua, é importante levar em consideração essas questões e conversar com o seu dentista. Após a avaliação, o profissional fará a instrução da melhor maneira, a fim de evitar que o paciente se machuque e até mesmo piore o quadro da sua condição.

COMO LIMPAR A LÍNGUA: PASSO A PASSO
Nesse caso, a limpeza deve ser realizada preferencialmente com um limpador lingual com cerdas e sem aplicar força excessiva. Vale lembrar que o cuidado deve se iniciar pelo uso do fio dental, depois o raspador de língua e, por fim, a escovação dos dentes. Isso porque o uso da pasta de dente antes do raspador pode dificultar a remoção da saburra lingual, que é a camada branca acumulada na língua onde ficam as bactérias e os restos alimentares. Um ponto importante é que o limpador de língua deve ser utilizado diariamente, pelo menos duas vezes ao dia, logo após a escovação. Nesse caso, é necessário usar o acessório da maneira correta. Caso contrário, a saburra lingual não será totalmente removida e a limpeza da região não será tão eficaz. O ideal é colocar a língua para fora e posicionar o limpador ao seu final. Em seguida, puxá-lo para frente, removendo a saburra lingual. O paciente deve repetir esse processo de duas a três vezes e lavar o limpador com água a cada movimento. Além disso, vale ressaltar que os movimentos devem ser leves e moderados para evitar não machucar ou ferir a língua.

DEIXE SEU COMENTÁRIO