Escola Irmão Léo recebe auxilio da Uniarp na biblioteca

16 Junho 2017 15:22:22

O objetivo é além de reorganizar o ambiente, os livros e a sistematização de empréstimos, mas também aproximar os alunos da rica estrutura que a escola oferece

Andrielli Zambonin

A Escola de Ensino Médio Irmão Léo está recebendo o auxilio dos colaboradores da biblioteca da Uniarp na organização e reestruturação da biblioteca escolar. O acervo conta hoje com aproximadamente cinco mil livros. O objetivo é além de reorganizar o ambiente, os livros e a sistematização de empréstimos, mas também aproximar os alunos da rica estrutura que a escola oferece em relação a biblioteca.

Segundo o diretor de escola, Edson Luis Pagnussatt, a ajuda da Uniarp tem sido essencial. "É uma ajuda muito grande que estamos recebendo da Uniarp para poder melhorar nossa biblioteca. Agradecemos ao vice-reitor acadêmico e administrativo da Uniarp, o Paulo Campos, e também ao pessoal da biblioteca Comendador Primo Tedesco pelo apoio que estamos recebendo. Precisávamos de uma ajuda no sentido de organizar os livros. Também é importante ressaltar que mesmo quando a escola perdeu a verba que recebia do ensino inovador, a compra dos livros manteve uma continuidade enriquecendo cada vez mais nosso ambiente. Passamos nas salas e pedimos aos alunos quais títulos eles querem ter na escola, essa lista passa por uma classificação e, na medida do possível, adquirimos de acordo com a verba disponível. No ano que passou adquirimos 54 novos livros, e esse ano queremos manter essa média", ressalta Edison.

A coordenadora da biblioteca Comendador Primo Tedesco, Célia de Marco, afirma que os alunos estão tendo um envolvimento muito positivo. "A biblioteca daqui não tinha a parte de sistemas, então nós, com a ajuda dos alunos fizemos a implantação do cadastramento dos livros e toda a parte de classificação e catalogação. Logo vamos fazer a reorganização nas prateleiras. A biblioteca vai ficar informatizada".

O Assistente técnico Pedagógico da escola Irmão Léo, Mario Cachinski, afirma que é uma oportunidade para os alunos aproximarem seus conhecimentos da escola. "Quando vi a biblioteca percebi que deveríamos fazer algumas mudanças. A ideia era montar uma estratégia que pudéssemos utilizar a ajuda dos alunos e potencializar o acervo daqui a favor dos alunos. No sentido que eles percebessem a grandeza da biblioteca e a quantidade de livros e obras que são importantes, e assim venham a melhorar sua condição de conhecimento perante o colégio".

A ideia que começou no Irmão Léo já se expandiu Timbó Grande, onde está acontecendo o mesmo trabalho.


Rua Moacir Sampaio, 1055 Sala 01,
Berger Caçador - SC - Brasil 89500-000

Ouvidoria

Queremos saber de você onde podemos melhorar. Envie suas sugestões e críticas, pois assim, podemos evoluir e melhorar.

Clique aqui e escreva para nós.

Contato Direto

Caçador: (49) 3563-6920

E-mail: jornalextraredacao@oi.com.br

E-mail: jornalextra@oi.com.br