Temperaturas negativas em SC: conheça algumas ações do governo em dias de frio extremo

Em Caçador, a presença de ar frio deixou o amanhecer de quarta-feira gelado, registrando -1,7°C e formação de geada

O frio voltou a derrubar as temperaturas em Santa Catarina nesta semana. Na madrugada de quarta-feira, 17, a estação da Epagri/Ciram em Urupema, na Serra catarinense, chegou a marcar -4,9ºC. Em 26 municípios do Planalto Sul, Planalto Norte e Meio Oeste foram registradas temperaturas mínimas negativas. Caçador registrou a temperatura de -1,7°C e formação de geada.

E a tendência é que nesta quinta-feira, 18, o fenômeno se repita. A previsão é de temperaturas baixas ao amanhecer, próxima de zero no Planalto Sul e em torno de - 2°C nas áreas mais altas da região, com geada isolada. 

Embora as temperaturas negativas atraiam turistas e movimentem a rede hoteleira, bares e restaurantes na Serra catarinense, dias de frio extremo requerem trabalho e atenção. Em todo o Estado, técnicos e servidores colocam em prática ações especiais de proteção e prevenção. 

Confira algumas medidas que são tomadas durante o inverno:

Pomares congelados

O frio é fundamental para o desenvolvimento de frutas como a maçã, a uva, o pêssego e a ameixa. No inverno, as mudas entram em dormência para se preparar para o novo ciclo de floração. Mas a ocorrência de geadas tardias pode ser prejudicial para as plantas – e até matá-las.

Uma das estratégias de manejo da Epagri para os dias de temperaturas baixas é o controle por aspersão de água. A ideia é molhar a planta, para um congelamento rápido e, assim, evitar que ela queime com a geada. 

“A água congelada mantém a planta a 0ºC e impede que ela atinja temperaturas negativas, o que prejudica a planta”, diz André Luiz Kulkamp de Souza, gerente da Estação Experimental de Videira.

Sal na pista

É uma regra da física: quando a temperatura chega a 0ºC, a água entra em estado sólido. Nas rodovias catarinenses, esse fenômeno é motivo de preocupação e alerta. Para evitar o congelamento da pista, a Polícia Militar Rodoviária (PMRvSC) costuma despejar sal em áreas como a Serra do Rio do Rastro, o Meio-Oeste catarinense e a Serra Dona Francisca.

Os policiais usam uma viatura com caçamba e espalham o sal na rodovia, o que reduz a chance de congelamento da água. Além disso, as ações de patrulhamento são intensificadas, já que com neblina e aumento de tráfego em áreas de serra – o que costuma ocorrer nas regiões turísticas com previsão de frio. De acordo com o capitão da PMRv Tiago Teixeira Ghilardi, só neste ano já foram despejados dois mil quilos de sal na Serra do Rio do Rastro – o volume é superior ao usado nos últimos três anos. 

Ração e controle de temperatura das abelhas

Durante o inverno, há poucas flores e frutas disponíveis na natureza, o que reduz o alimento disponível para as abelhas. Por isso, os técnicos da Epagri orientam os apicultores a preparar um complemento rico em proteínas e energia que ajuda esses insetos a atravessar o período de frio.

Essa ração é feita com açúcar, proteína de soja e levedura de cerveja. A massa que pode ser moldada em formato de um bife é colocada sobre as caixas de abelhas, explica Rodrigo Durieux da Cunha, extensionista da Divisão de Estudos Apícolas da Epagri.

Além do alimento, o controle do frio e da entrada de vento nas caixas é outra medida importante. Isso é feito com a colocação de um “alvado invertido”, uma peça na parte da frente do ninho, o que ajuda a controlar a temperatura.

O extensionista reforça que essas ações são indicadas para as abelhas africanizadas – as que têm ferrão.

Alteração nas atividades da rede escolar

As crianças são um grupo vulnerável em dias de temperaturas negativas. Por isso, em alguns momentos, a rede estadual de educação opta por suspender as aulas. Isso ocorre em casos extremos. Este ano, as atividades nas escolas de Bom Jardim da Serra chegaram a ser canceladas na forte onda de frio no começo de julho. A Secretaria do Estado de Educação avalia a necessidade da medida seguindo alerta da Defesa Civil de Santa Catarina.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Aberta a 10ª edição do SEDEPEX da UNIARP
Exposição de trabalhos artesanais dos grupos de mulheres em Caçador
Conheça os ganhadores do 3º sorteio do IPTU Premiado
O novo crescimento do judô de Caçador
Maçã da Epagri chega ao mercado Europeu e rende lucro para Santa Catarina
Confira o horário de funcionamento dos serviços municipais durante o final de ano
Assinada Ordem de Serviço para construção de farmácia no posto de saúde de Macieira
16ª Cantata de Natal encanta público em Caçador
Cartinhas do Papai Noel podem ser adotadas na Rádio Caçanjurê
Natal Saint Hill: Ação Social reúne 115 crianças