Solenidade de Outorga de Grau acontece na UNIARP

A cerimônia institucional de colação de grau da UNIARP é completa e sem nenhum custo ao formando, com exceção da cobertura fotográfica, feito por empresa especializada

A UNIARP realizou na sexta-feira (08) solenidade de Formatura Institucional com a Outorga de Grau para 160 formandos. A solenidade foi realizada na Arena da UNIARP em dois horários: às 17h e às 20 horas.
Participaram do ato, o advogado Neoberto Geraldo Balestrin, presidente da Fundação UNIARP e o professor Pós-Dr. Anderson Antonio Mattos Martins, reitor da UNIARP, junto com coordenadores de cursos.
A cerimônia institucional de colação de grau da UNIARP é completa e sem nenhum custo ao formando, com exceção da cobertura fotográfica, feito por empresa especializada. O formando não assina nenhum contrato com a empresa e com a Instituição para aderir a Formatura Institucional. A solenidade segue os mesmos moldes da Formatura normal, com Beca, canudo, capelo, flores para os pais, homenagens, e fotos se for a intenção do Formando.
A Solenidade de Colação de Grau é um momento de magnitude da Instituição, quando dirigentes, professores, funcionários, pais e alunos externam seus sentimentos para provar que a missão de ensinar foi cumprida e o esforço valeu a pena. A UNIARP parabeniza todos formados pela sábia e valorosa decisão de abraçar os estudos e alcançar o diploma de graduação superior.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Jornalista William Waack confirmado no SEAD 2019
Unimed Caçador conquista Selo Prata de Governança e Sustentabilidade
Temperaturas negativas em SC: conheça algumas ações do governo em dias de frio extremo
Basquete em cadeiras de rodas, em Caçador, trás qualidade de vida para os jogadores
Celesc dá dicas de uso consciente de energia no inverno
Confraria do Rock arrecada meia tonelada de roupas
Aconteceu em Caçador o campeonato Regional CBC/TAURUS
Acadêmicos da UNIARP visitam Centro Hípico de Caçador
Centenas de caçadorenses utilizam a plataforma de ensino a distância da Prefeitura
Conselho de Cultura quer ouvir demandas da sociedade