Projeto de mobilidade urbana e recuperação histórica e ambiental terá obras iniciadas

As obras iniciarão na ponte de ferro, no Gioppo, e prosseguirão pelo Centro, Vila Paraíso e Berger, interligando com a rua Selvino Caramori

As obras de mobilidade urbana e recuperação histórica e ambiental, às margens dos trilhos do trem, terão início nos próximos dias, em Caçador. Os recursos para as obras serão através do FINISA, próprios e de outros convênios. 

O projeto, que é pioneiro no Brasil e recebeu o nome de Parque Linear, terá a construção de ruas, pistas de caminhada, ciclofaixas, pontos de ônibus, iluminação pública e diversas intervenções, visando ampliar as opções de mobilidade para os caçadorenses, aproveitando áreas abandonadas e degradadas, mas que servirão para interligar toda a cidade. 

As obras iniciarão na ponte de ferro, no Gioppo, e prosseguirão pelo Centro, Vila Paraíso e Berger, interligando com a rua Selvino Caramori.

“Trabalhamos de forma intensa na busca por liberações para estas obras, junto a órgãos como a Secretaria de Patrimônio da União (SPU), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a Agência Nacional do Transporte Terrestre (ANTT), RUMO (concessionária da linha férrea), Instituto do Patrimônio Artístico Nacional (Iphan), e Instituto de Meio Ambiente (IMA) e, agora, com os certificados na mão, temos a liberação dos recursos. Serão melhorias importantes e que vão transformar a nossa cidade, desde o bairro Gioppo até o Berger”, destacou a presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Caçador, Karina Pompermayer. 


Este projeto já estava sendo planejado desde o mandato anterior do prefeito Saulo Sperotto, como uma continuidade das obras de mobilidade, iniciadas com o Parque Central. “Novamente, somos pioneiros, só que agora, em vez de um parque, com brinquedos e árvores, vamos fazer uma grande intervenção urbana, visando dar mais opções de mobilidade e interligando diversos bairros de Caçador”, completou Karina.  


O DNIT, inclusive, já sinalizou que este projeto, elaborado em Caçador, pode se tornar o mote para áreas semelhantes pelo Brasil. As obras que estão sendo realizadas nas ruas Ônio Pedrassani e Lauro Marins também já fazem parte do projeto do Parque Linear. 
“Mais do que um projeto de mobilidade, é um projeto para modernizarmos Caçador, preparando para o futuro. Teremos muitas melhorias em toda a cidade, visando sempre dar mais qualidade de vida para todos os cidadãos”, finalizou o prefeito Saulo Sperotto.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Prefeitura entrega ordem de serviço da 19ª rua do Programa Asfalto nos Bairros
Odonto Company: Clínica que oferece tratamentos odontológicos de qualidade e preço acessível
Projeto que ajuda a transformar ideias em negócios prorrogou as inscrições
Prefeitura de Lebon Régis define cronograma de pagamento dos servidores
Catarinenses têm expectativas positivas para 2020, mas mantêm cautela nos investimentos
Rio das Antas cadastrou mais de 60 famílias no Programa de Regularização Fundiária
Incêndio destrói residência na Linha Castelli
Papelaria Paraíso está com promoção de volta às aulas
Prefeitura de Lebon Régis disponibilizará material escolar para todos os alunos da rede municipal
Programa de Parcelamento Incentivado possibilita renegociar dívidas em até 84 vezes