Prefeitura de Lebon Régis contrata novo médico para atuar na cidade

O doutor, Eduardo Castilho Casagrande, é o novo contratado

A Prefeitura de Lebon Régis, por meio da Secretaria de Saúde, contratou um novo médico para atuar no município. O doutor, Eduardo Castilho Casagrande, iniciou os trabalhos na última segunda-feira, dia 25.

O prefeito Douglas Mello, enfatiza que a medida irá levar qualidade de vida às famílias lebonregenses. “Cuidar da saúde da população é um dos principais objetivos da nossa Administração. Contamos, agora, com mais um profissional que está comprometido com o seu trabalho. Ele irá aprimorar os serviços oferecidos à comunidade”, destaca o prefeito.

O prefeito destaca que o Município estava desde julho em busca de um médico. “Chamamos todos os profissionais que passaram no processo seletivo. Eis que conseguimos viabilizar a contratação, o que é extremamente necessário para o bem-estar do nosso povo”, afirma.

A secretária de Saúde, Nádia Maciel, salienta que a contratação do médico é uma conquista para a comunidade lebonregense, pois ajudará a diminuir a fila de espera e trará mais eficiência aos serviços prestados. “Estamos focados em melhorar os atendimentos. Nosso objetivo é atender às demandas da população com agilidade e qualidade. O doutor Eduardo é um profissional responsável”, finaliza. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Prefeitura, Associação Maria Rosa e empresas inauguram nova Casa Lar das Mulheres
Estudante Caçadorense busca sonho de participar da Conferência Internacional de Direito
Leilão de terrenos da Prefeitura de Caçador acontece no dia 18
Deputado Minotto trabalha para manter R$ 200 milhões em bolsas
Grupo dos Especiais em Calmon realiza encerramento de atividades
Unidade em Lebon Régis é campeã do projeto Descarte Consciente de Medicamentos
Musical Acalanto comemora os 17 anos do lançamento do CD Natal Encanto
Ministério da Cidadania e AMIMU apresentam a 16ª edição da Cantata de Natal no domingo
Junta Militar de Caçador convoca os Reservistas para Exercício de Apresentação
MPF pede à Justiça que ANP libere postos para comprar etanol diretamente das usinas