Prefeitura de Caçador investe mais de R$ 115 mil por dia na Saúde

O município está na posição número 244 dos municípios que mais investem em saúde em SC

A Prefeitura de Caçador investiu, em 2018, R$ 42.038.195,42 na Saúde, o que chega a R$ 115.137,13 por dia. Os investimentos, que incluem os salários dos profissionais, compra de equipamentos e de insumos, melhorias em postos de Saúde, na UPA e repasses ao Maicé, chegam a 25,57% do Orçamento Anual do Município. Legalmente, a Prefeitura deveria investir apenas 15%. O município está na posição número 244 dos municípios que mais investem em saúde em SC.
Além de todo este montante, outros investimentos, como no Esporte, Cultura e Lazer também se resumem em melhoria na Saúde da população. “Trabalhamos para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Sabemos que existem problemas na área da Saúde, mas temos trabalhado para sanar e possibilitar um melhor atendimento a todos”, destacou o secretário de Saúde, Ademar Schmitz. 
Em 2018, por exemplo, foram ampliados os atendimentos na UPA, do Berger, bem como realizados exames dos mais variados, acabando com as filas, que se formavam desde 2013. “Abrimos um novo posto de Saúde, no Jonas Ramos, ampliamos o atendimento nos exames, como a espirometria, eletrocardiograma, eletroencefalograma, agilizando tanto para os médicos quanto para os pacientes, através do Telemedicina”, completou o secretário. 
E, para 2019, já está projetada a abertura de mais dois novos postos de Saúde, no Figueroa e no Mutirão, ampliando ainda mais o atendimento e desafogando outras unidades. “Vamos ampliar também o atendimento médico e realizar melhorias em diversos postos de Saúde, como a reforma do posto do Berger”, acrescentou Ademar. 

E 2017?

Em 2017, a Prefeitura de Caçador investiu mais de R$ 38 milhões na Saúde. Estes números contrapõem os dados, divulgados pela NSC e que não condizem com a verdade. Naquele ano, se fosse realizar a análise dos investimentos gerais per capita (os investimentos totais divididos pela população de Caçador), chegaria a R$ 491,00 por habitante, muito acima dos R$ 370 apresentados pela pesquisa. 
Além disso, a Prefeitura reitera que também foram investidos 25% do orçamento, quando, segundo a Legislação, deveriam ser investidos apenas 15%.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Dive registra terceira morte de macaco por febre amarela no Estado
Julho amarelo: Mês de prevenção e conscientização das hepatites virais
Hospital Maicé inicia atendimentos no setor de hemodinâmica
Em menos de três dias, estoque da vacina contra gripe encerra
Vacina contra a gripe será liberada para toda população catarinense a partir de segunda
Diretoria de Vigilância Epidemiológica atualiza a situação dos casos de dengue em Santa Catarina
Últimas semanas da Campanha de Vacinação da Gripe
Pré-eclâmpsia afeta até 7% das grávidas brasileiras e pode levar à morte da mãe e do bebê
Focos do mosquito da dengue são encontrados em Caçador
Dia D da Campanha do Agasalho acontece em 25 de maio