PM apreende mais de 3 kg de drogas e R$ 22 mil em operação contra o tráfico

Uma adolescente foi apreendida e um homem preso em flagrante pelo crime

A Polícia Militar de Caçador realizou uma operação e apreendeu mais de 3 kg de drogas e R$ 22 mil em dinheiro na madrugada de quarta-feira, 10, no bairro Martello. Um homem foi preso e uma adolescente apreendida pelo delito de tráfico de drogas. 

Segundo a PM, eram por volta das 2h, quando a guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) abordou um veículo Cobalt, com placas de Palhoça/SC, no qual havia uma grande quantidade de dinheiro. O motorista foi indagado e confessou ter trazido do litoral um pacote de cocaína para uma adolescente em Caçador.

O local onde reside a suspeita, no bairro Martello, já era monitorado pela Polícia Militar, pois havia várias denúncias de tráfico de drogas. Diante da situação, o PPT e guarnições de Radiopatrulha foram até a residência e apreenderam a adolescente, a qual confessou que comercializava drogas.

Na casa, os policiais militares encontraram mais de 500 gramas de cocaína, cerca de 2,8 kg de maconha, duas balanças de precisão e materiais utilizados para embalar e comercializar as drogas. Os entorpecentes estavam escondidos no guarda-roupa.

O flagrante foi lavrado na Delegacia, para onde foram encaminhados os suspeitos. O homem foi identificado como Gilmar Leite Ribeiro. A menor, que não pode ter o nome divulgado, deve responder por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas.

Com informações – Portal Caçador Online 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caminhoneiro sofre acidente por causa de ultrapassagem indevida de carro
Incêndio é causado em Caçador supostamente por Fenômenos paranormais
Acidente em frente ao Posto Madeira deixa duas pessoas feridas
Polícia Ambiental apreende armas durante abordagem em Água Doce
2ª Edição da Operação Varejo apreende 77 mil maços de cigarro em Santa Catarina
PM apreende mais de 3 kg de drogas e R$ 22 mil em operação contra o tráfico
Grave acidente é registrado entre Matos Costa e Porto União
Camaro sobe em trevo no centro de Caçador
Três razões que explicam a queda da violência em Santa Catarina