O Moto Grupo Confraria do Asfalto beneficiou crianças com doações de páscoa

Desta vez a ação contemplou 300 crianças/adolescentes que estudam na Escola Estadual Básica Thomaz Padilha

O Moto grupo Confraria do Asfalto, por intermédio de seus associados, realizou mais uma ação beneficente, desta vez a ação contemplou 300 crianças/adolescentes que estudam na Escola Estadual Básica Thomaz Padilha, com lembrancinhas de páscoa, nos períodos matutino e vespertino de quarta-feira (17).

O presidente do Moto Grupo, Édimo Debarba Junior, explicou que a ação beneficente desta vez atingiu um número maior de crianças e adolescentes, sendo que a Escola Estadual atende crianças que estão iniciando na escola e adolescentes que estão finalizando o ensino médio.

“Se trata de uma escola localizada no Distrito de Taquara Verde, local esse muito carente. Não houve distinção entre crianças e adolescentes e a ação levou uma lembrancinha a cada um dos estudantes daquela escola”, afirma o presidente, Édimo Debarba Junior.
A ação deste ano atingiu 300 crianças/adolescentes, e contou com o apoio das empresas locais e integrantes do Moto Grupo. Todos contribuíram para que a ação acontecesse.

“O Moto Grupo Confraria do Asfalto agradece as empresas que colaboraram com donativos ou apoio financeiro, sendo: Supermercados Nórdio, EAE Transportes, Perego Transportes, Souza Transportes e GGnet”, finalizou. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Programação de aniversário de Rio das Antas inicia neste sábado
Precisamos, sim, retirar o peso da ineficiência das contas de quem trabalha, investe e produz, diz Mourão, na FIESC
Candidatos ao conselho tutelar de Lebon Régis se apresentam para o público
Nova ambulância é entregue para o Samu de Caçador
Colaboradores da Adami realizam doações de mantas a instituições de Caçador e região
Governo de SC anuncia que vai pagar o 13º salário em três parcelas
UNIARP concede descontos em cursos presenciais de graduação
Prefeitura de Macieira investe em iluminação pública
Prefeitura de Caçador inicia transmissões, ao vivo, de licitações
Proprietários da casa que incendiou comentam sobre o caso