Modelo de ressocialização de presos em SC é apresentado nos Estados Unidos

Considerado modelo na reabilitação social e econômica de presos no Brasil, o sistema prisional de SC tem 6,5 mil presos trabalhando e outros 8,8 mil em alguma atividade educacional


O secretário de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), Leandro Lima, está em viagem oficial aos Estados Unidos. Ele é um dos convidados do Brasil para o International Visitor Leadership Program (IVLP), programa de intercâmbio profissional patrocinado e coordenado pelo Escritório de Educação e Cultura do Departamento de Estado norte-americano. Lima irá apresentar o trabalho de ressocialização de detentos no Estado. 

Considerado modelo na reabilitação social e econômica de presos no Brasil, o sistema prisional de SC tem 6,5 mil presos trabalhando e outros 8,8 mil em alguma atividade educacional, sendo que destes 5,2 mil estão no projeto Despertar pela Leitura e outros 3,6 mil no Ensino para Jovens e Adultos (EJA). 

Um dos destaques do sistema prisional é o Fundo Rotativo, mecanismo que no ano passado resultou no retorno de R$ 24 milhões para os cofres públicos, valor totalmente reinvestido nas unidades. O Fundo Rotativo é uma espécie de indenização que o preso paga ao estado, por meio do trabalho, que chamou a atenção das autoridades norte-americanas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Juramento à bandeira será realizado nesta sexta-feira em Caçador
Apresentação de “BADIN, o colono” marcará o aniversário de Macieira
Prefeitura de Lebon Régis entrega alvará de construção do SESC
Conselho de Cultura desenvolve ação de formação e atualização de gestores de cultura
UNIARP realiza tratativas para parcerias de internacionalização
Pagamento em cota única para placas com final 2 termina segunda-feira
Catarinense comenta sobre pânico do Coronavírus na Itália
Últimos dias para os contribuintes renegociarem as dívidas por meio do PPI
SESI vai imunizar 284 mil trabalhadores contra a gripe
Mulheres são maioria no eleitorado em SC, sendo 51,62%