Modelo de ressocialização de presos em SC é apresentado nos Estados Unidos

Considerado modelo na reabilitação social e econômica de presos no Brasil, o sistema prisional de SC tem 6,5 mil presos trabalhando e outros 8,8 mil em alguma atividade educacional


O secretário de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), Leandro Lima, está em viagem oficial aos Estados Unidos. Ele é um dos convidados do Brasil para o International Visitor Leadership Program (IVLP), programa de intercâmbio profissional patrocinado e coordenado pelo Escritório de Educação e Cultura do Departamento de Estado norte-americano. Lima irá apresentar o trabalho de ressocialização de detentos no Estado. 

Considerado modelo na reabilitação social e econômica de presos no Brasil, o sistema prisional de SC tem 6,5 mil presos trabalhando e outros 8,8 mil em alguma atividade educacional, sendo que destes 5,2 mil estão no projeto Despertar pela Leitura e outros 3,6 mil no Ensino para Jovens e Adultos (EJA). 

Um dos destaques do sistema prisional é o Fundo Rotativo, mecanismo que no ano passado resultou no retorno de R$ 24 milhões para os cofres públicos, valor totalmente reinvestido nas unidades. O Fundo Rotativo é uma espécie de indenização que o preso paga ao estado, por meio do trabalho, que chamou a atenção das autoridades norte-americanas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Unidades Básicas de Saúde de Lebon Régis ganham obras de acessibilidade
A BPW de Caçador realiza a 3º Edição do Desfile de Moda
Confira onde votar para escolha dos novos conselheiros tutelares de Caçador
Operação Mata Atlântica em Pé deflagra terceira edição com participação de 17 estados
Caçador sedia etapa microrregional do Dança Catarina
Avaí Kindermann é eliminado nos pênaltis mas sai de cabeça erguida
Access Consciouness a favor da vida em Caçador
Atletas da UNIARP são homenageados
O mel de Santa Catarina é considerado o melhor do mundo
Acontece em Caçador o Cinema Solidário