José Boiteux: Uma das mais antigas ruas de Caçador será revitalizada

A ideia da revitalização, na perspectiva escolhida, é uma proposta de promover novas experiências aos usuários além de embelezar o local

Uma das mais antigas ruas de Caçador, a José Boiteux, será revitalizada pela Prefeitura. O projeto é mais uma das ações de governo da Prefeitura de Caçador, e já teve as etapas e os prazos apresentados, pela equipe do Instituto de Pesquisa e Planejamento (IPPUC), para os comerciantes em uma reunião no auditório da Prefeitura. As obras fazem parte do programa Revitalizar. 

As etapas do projeto incluem substituição do passeio, instalação de meio-fio e paver com guia tátil, além disso, ao centro da via será instalada uma faixa elevada para dar mais segurança aos pedestres. Postes iluminados com floreiras suspensas em estilo retro, similares ao da Ponte do Amor, projetados pelo IPPUC e confeccionados pela equipe da Secretaria de Infraestrutura, também serão instalados. O projeto ainda irá receber um totem com o nome da rua, no início da via. 



A ideia da revitalização, na perspectiva escolhida, é uma proposta de promover novas experiências aos usuários além de embelezar o local, destaca o diretor de Pesquisa do Ippuc, Alexandre Schermach. 

“É nossa obrigação resgatar e reconhecer o passado, perfilhar por quem ali começou e fez história, labutando o empreendedorismo, garantindo o progresso das famílias e da nossa cidade. No percurso, serão instalados 35 postes estilizados com vasos suspensos, bancos, lixeiras, floreiras, faixas de pedestres e totens com curiosidades da rua”, comenta.

“Um destaque ao projeto é a adoção dos jardins suspensos, os mesmos serão adotados por moradores e comerciários da rua, colocaremos uma placa com o nome do adotante, e uma frase de sensibilização, a fim de reconhecer o ato que será apenas de manutenção. Este projeto compreende e entende em sua essência, destacar a sua importância no desenvolvimento da história de Caçador agregando valor cultural, econômico e social”, finaliza, Alexandre.

A revitalização será dividida em seis etapas. Nos próximos 15 dias as obras devem ser iniciadas, contando com trabalhos da Secretaria de Infraestrutura e de empresas terceirizadas. 

“O projeto foi muito bem aceito por todos que estiveram na reunião. Vai valorizar muito nossa cidade. Mas, sabemos que para chegarmos lá teremos alguns inconvenientes, pois será necessário fechar a rua em alguns períodos. Porém, teremos o apoio da Guarda e da competência da Infraestrutura e tudo será muito bem organizado”, finaliza Karina Pompermayer, presidente do IPPUC. 

“Uma melhoria muito válida. Por mais simples que seja, a planta traz vida pros locais. Vai embelezar muito a rua. O projeto ficou bem bonito”, destaca Cristiane Comerlato, proprietária do Frango Frito Crocante. 

A presidente do IPPUC, Karina Pompermayer destaca que tudo foi planejado para que os cidadãos possam aproveitar de maneira mais completa o passeio pelo local.  

“Queremos fazer as pessoas tenham um contato com o local. Fazer com que as pessoas caminhem, sentem, consumam, conversem e estejam próximas. Por isso, tudo foi planejado e projetado para ser convidativo”, salienta. 

“A Boiteux é uma rua de passagem e muito estreita. Muitas vezes quando você vem cuidando do trânsito acaba não olhando para vitrines e não tendo atenção para as opções de lojas que temos aqui. Sendo diferente, as calçadas regulares, com acessibilidade, as pessoas poderão deixar o carro em outra rua e poderão andar e apreciar a rua, o passeio e o comércio. Com isso, até as vendas, possivelmente, aumentarão”, destaca a comerciante local, Cristiane Freiberger Zir Padilha.

“Acredito que o ambiente vai trazer pro comércio local bastante visibilidade, mais clientela. Com a rua mais bonita e convidativa para curtir e aproveitar, mais pedestres virão para cá”, reforça o proprietário do Zanzibar, José Luiz Pereira.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Unidades Básicas de Saúde de Lebon Régis ganham obras de acessibilidade
A BPW de Caçador realiza a 3º Edição do Desfile de Moda
Confira onde votar para escolha dos novos conselheiros tutelares de Caçador
Operação Mata Atlântica em Pé deflagra terceira edição com participação de 17 estados
Caçador sedia etapa microrregional do Dança Catarina
Avaí Kindermann é eliminado nos pênaltis mas sai de cabeça erguida
Access Consciouness a favor da vida em Caçador
Atletas da UNIARP são homenageados
O mel de Santa Catarina é considerado o melhor do mundo
Acontece em Caçador o Cinema Solidário