Iniciada cobertura da Maria Fumaça no Museu do Contestado

Além do revestimento para não se deteriorar, parceria entre Prefeitura, Sindicato da Madeira e empresários busca a reforma dos vagões

Foi iniciada na quinta-feira (9) a instalação da cobertura do trem Maria Fumaça, ao lado do Museu do Contestado. A obra faz parte do programa Revitalizar, que já executou melhorias em diversos pontos de Caçador, valorizando espaços históricos e dando mais mobilidade para veículos e pedestres.


 
A estrutura da cobertura acompanha o estilo histórico da própria locomotiva. Além disso, o telhado, em duas águas, será de policarbonato, para manter a luminosidade e não esconder o monumento. “Nosso objetivo com esta cobertura é evitar que o trem se deteriore”, explicou o diretor de Pesquisa e Inovação do IPPUC, Alexandre Schermach.
 
A Maria Fumaça já passou por uma reforma e, o objetivo agora, em parceria com o Sindicato da Madeira e outros empresários parceiros, é executar a reforma dos dois vagões. “Já temos as janelas prontas, confeccionadas pela empresa Frame. Agora, vamos dar continuidade na parceria para que tenhamos a recuperação de todo aquele monumento histórico”, finalizou Alexandre.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Vereador defende abertura de igrejas
Concurso Fotográfico de Macieira divulga trabalhos vencedores
Estado confirma 106.928 casos, 94.560 recuperados e 1.541 mortes por Covid-19
Delegacia da Mulher já emitiu 91 medidas protetivas em Caçador
Praça do Berger será revitalizada
Estado confirma 105.935 casos, 92.386 recuperados e 1.445 mortes por Covid-19
Com chuva mal distribuída, municípios continuam em alerta
Homenagem: Um parabéns aos pais!
Lebon Régis terá mais duas áreas de lazer