Incompetência de secretária prejudica educação de caçadorenses

Escola Municipal Alto Bonito, que pegou fogo em julho, hidrante de incêndio não tem mangueira

Nestes tempos de “Escola sem Partido” nada poderia chamar mais atenção que uma escola abandonada a sua própria sorte. Uma escola onde itens básicos como banheiro, segurança, água para beber, quadra de esportes e outros aspectos são negligenciados por uma secretária de educação que está mais preocupada em fazer política. 
            Esta é a opinião do vereador Moacir D’Agostini (DEM), que afirmou na sessão desta terça-feira (4) que, enquanto a secretária Josete Strowispy se preocupa em perseguir alguns diretores de escola, que não são indicados pelo seu partido, as escolas da rede municipal estão padecendo pela falta de itens básicos como banheiro e segurança.
            Na Escola Municipal Alto Bonito, por exemplo, para o vereador é visível a incompetência da secretária, ou da administração municipal, em completar uma reforma que foi motivada por um incêndio. “Passados quase seis meses do sinistro as paredes ainda não foram pintadas, o banheiro não recebeu portas e nem os utensílios para funcionamento”, afirmou
            O vereador disse que visitou a escola e pasmem os senhores, o hidrante do Sistema Preventivo de Incêndio, o único para combater um incêndio no segundo pavimento, não tem a mangueira.
            D’Agostini revelou ainda que o único banheiro existente na escola está em péssimas condições. As portas - ou a ausência delas – quebradas, vasos sem funcionamento e mau cheiro.
            Mas a lista do abandono da escola não está completa. O vereador observou que a escola ainda tem problemas com a higiene dos bebedouros. As calhas de chuva estão caindo junto com os beirais. “A quadra de esportes é uma máquina de ralar joelhos e até mesmo a pintura, que a administração dedica horas nas ruas e praças, chegando a pintar sinalização de pare em rua de mão única, não chega a escola”.
            O vereador disse que vai pesquisar quanto a secretaria de educação gastou este ano, para ver se não seria possível gastar mais R$ 10 mil para consertar os banheiros, pelo menos.
            Para Moacir está faltando liderança na secretaria de educação. Para ele o que existe é um “chefe” que “comanda as pessoas e impõe ordens e autoritário, geral centraliza o poder, vangloria-se quando as coisas dão certo e se exime da responsabilidade quando da errado”. Afirmou o vereador, observando que muitos servidores têm medo de ir não reuniões. Muitos ligam para saber se a secretaria está, por que tem medo.
            Para o vereador o mundo está precisando de líderes. Portanto quando o Saulo apanha na Câmara é por que está faltando liderança. O vereador finalizou afirmando que a secretaria disse que ele não tem mão forte para lhe tirar da secretaria. O vereador afirmou que tem o povo do seu lado e a Câmara de Vereadores para mostrar o que acontece.
           
 
 

1 COMENTÁRIO(S)

  1. Continue vereador precisamos de vocês vereadores atualmente salas com mais de 40 alunos salas improvisadas em cubículos na biblioteca e a verba mensal que vinha para as escola PAPP não vem mais e não sabemos o destino desta e muito mais

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caçadorense recebe carta de agradecimento da Rainha Elizabeth
SESI lança campanha para imunizar 300 mil trabalhadores contra a gripe
Postos de combustível de Caçador são fiscalizados em operação conjunta
Prefeitura vai instalar novas salas de aula para mais de 400 alunos
Curso de Pedagogia com inscrições abertas na UNIARP
Assistência Social, em parceria com o Cesmar, lança campanha “Defenda-se”
Hospital Maicé completa 40 anos
Bombeiros de Caçador comemoram 48 anos de trabalho voluntário
Vakinha Online busca recursos para o construção do novo Lar de Idosos em Caçador
LBV entrega 50 kits pedagógicos para crianças e adolescentes de Calmon