Homem é preso por estupro e mulher por favorecimento à prostituição

Polícia Civil de Caçador fez flagrante nesta segunda na saída de motel

A Polícia Civil de Caçador prendeu um homem por estupro e uma mulher por favorecimento à prostituição na tarde desta segunda-feira, 12. O flagrante foi realizado na saída de um motel da cidade.
Segundo o delegado Adriano Moreira, a polícia já havia recebido várias denúncias de que um homem bastante conhecido na cidade aliciava menores e as levava para o motel. Diante dessa informação, os policiais realizaram o flagrante nesta segunda-feira quando o suspeito saia de um motel na companhia de uma menor. A mãe da adolescente estava junto e também foi detida.
Após os depoimentos na delegacia e os devidos exames na vítima, os dois adultos foram presos em flagrante. O homem foi enquadrado pelo crime de estupro e a mulher por favorecimento à prostituição.
Ambos foram conduzidos ao Presídio Regional de Caçador. Se condenados, a pena pelos crimes vai de 4 a 12 anos de reclusão.
Ainda de acordo com o delegado, o crime flagrado nesta segunda-feira ficou bem caracterizado, mas a polícia tem informações que o suspeito mantinha relações sexuais com outras menores. Ele pagava cerca de R$ 250 a 300 por programa. “Vamos instaurar inquérito para aprofundar as investigações”, disse Moreira.
 
Informações: Polícia Civil/Rádio Caçanjurê

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Polícia civil prende integrantes de organização criminosa nos bairros Martello, Centro e Vila Santa Catarina
Detentas do Presídio Regional de Caçador são transferidas para Chapecó
Polícia Militar de Caçador deflagra operação Choque de Ordem II
Polícia Militar de Caçador deflagra operação Choque de Ordem II
Acidente mobiliza Bombeiros Voluntários, Polícia Militar e Guarda Municipal nesta madrugada em Caçador
Colega de trabalho é o principal suspeito do homicídio na Copercampos
Polícia civil elucida roubo de veículo e morte de jovem em acidente
Detento do Presídio regional de Caçador está foragido
Em rondas, Guarda Municipal flagra possível negociação de drogas ilícitas
Homem de 32 anos morre afogado em Caçador