Grupo Ação Solidária Adventista realiza Mutirão de Natal

Além de alimentos, o Mutirão de Natal faz a arrecadação e distribuição de roupas, calçados e brinquedos para crianças que jamais teriam a oportunidade dessa alegria

O Mutirão de Natal é um projeto social da Igreja Adventista do Sétimo Dia que primordialmente provê uma ceia de Natal digna para pessoas que vivem na pobreza e que nesta data festiva, não têm nem mesmo o básico para a sobrevivência: um prato de comida.
Entretanto, o projeto vai além da atenção para indivíduos e famílias carentes, e se sensibiliza com a situação de crianças e idosos que vivem em instituições de caridade, destinando-lhes alimentos e outros bens arrecadados.
Além de alimentos, o Mutirão de Natal faz a arrecadação e distribuição de roupas, calçados e brinquedos para crianças que jamais teriam a oportunidade dessa alegria. Ainda, motiva seus participantes e colaboradores a doarem sangue e medula óssea que são vida para muitas pessoas enfermas, e os mobiliza para implementarem outros projetos sociais de desenvolvimento comunitário.
“O Mutirão de Natal nos leva a olhar com amor para os que estão sofrendo na escravidão da pobreza, da miséria, da fome, do analfabetismo, da rejeição, do desamparo, da exclusão social e nos impulsiona a agirmos não somente no Natal, mas no Ano Novo, fevereiro, março,… o ano todo. O Mutirão de Natal nos faz pensar que aqueles com quem entramos em contato nesta ocasião estão em busca não somente de uma ajuda e alegria momentânea, mas sim de soluções duradouras, definitivas, que lhes restaurem a dignidade. Estão em busca de ferramentas que lhes deem a possibilidade de se desenvolverem como pessoas e alcançarem uma vida melhor”, destaca a diretora do Grupo Ação Solidária Adevntista – ASA, de Caçador, Julieta Almeida.
“O Mutirão de Natal traz esperança de que ainda existe amor genuíno, desinteressado, esperança de que ainda existem pessoas dispostas a saírem da redoma de sua própria vida para demonstrar preocupação pelos que estão ao redor, esperança de que, apesar das barreiras e desafios, é possível transformar vidas. O Mutirão de Natal nos faz lembrar de que Aquele que nasceu e Se fez um dentre nós Se angustia com os momentos de sofrimento de cada uma de Suas criaturas, e espera que nós, que professamos ser Seus seguidores, tenhamos o mesmo sentimento e transbordemos o desejo de agir contra os frutos do pecado, utilizando nossos talentos, recursos e tempo para aliviar a carga dos outros em Seu nome”, complementa uma das voluntárias do grupo, Flor Luz.
 
A ideia
O “Mutirão de Natal” é uma iniciativa que nasceu no coração de um casal adventista no Brasil, em 1994. A ideia era reunir alimentos e roupas para entregar a pessoas necessitadas durante as datas comemorativas do final do ano, especialmente no Natal. Atualmente, esse projeto é bastante conhecido na comunidade, e quando nossa igreja se une, consegue provocar o impacto desejado.
Desde 2016, a DSA vem sugerindo o lema para este mesmo projeto, denominado “Podemos Fazer Mais”, com o objetivo de mostrar que o “Mutirão de Natal” pode fazer muito mais que somente doar alimentos. A ideia é ajudar a mudar a vida das pessoas necessitadas e fazer algo mais para motivá-las a sair da situação de carência em que se encontram. Esse desenvolvimento pode ocorrer com atenção médica, psicológica, cursos e diretrizes para a geração de emprego e renda, dentre outras coisas.
 
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caçadorense recebe carta de agradecimento da Rainha Elizabeth
SESI lança campanha para imunizar 300 mil trabalhadores contra a gripe
Postos de combustível de Caçador são fiscalizados em operação conjunta
Prefeitura vai instalar novas salas de aula para mais de 400 alunos
Curso de Pedagogia com inscrições abertas na UNIARP
Assistência Social, em parceria com o Cesmar, lança campanha “Defenda-se”
Hospital Maicé completa 40 anos
Bombeiros de Caçador comemoram 48 anos de trabalho voluntário
Vakinha Online busca recursos para o construção do novo Lar de Idosos em Caçador
LBV entrega 50 kits pedagógicos para crianças e adolescentes de Calmon