Fapesc garante pagamentos de Bolsas de Mestrado e Doutorado

Para tranquilizar os beneficiados, a Fapesc divulgou um comunicado. O documento pode ser encontrado no site www.fapesc.sc.gov.br

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), anunciou que, alinhada com todos os esforços do Governo do Estado, está mantendo os programas de Bolsas de Mestrado e Doutorado em execução. São beneficiados mais de 400 pesquisadores em 211 Programas de Pós-Graduação e 11 Instituições de Ensino Superior do Estado.

Para tranquilizar os beneficiados, a Fapesc divulgou um comunicado. O documento pode ser encontrado no site www.fapesc.sc.gov.br.

Caso algum Programa ou pesquisador esteja impedido por completo no desenvolvimento da pesquisa a indicação é que procure a Fapesc, pelo e-mail bolsas@fapesc.sc.gov.br, para que cada uma das situações seja avaliada individualmente.
“Tenho sempre dito: não há ciência e nem saída para esse desafio mundial sem investimentos em pesquisa. O Governo do Estado segue comprometido com  instituições e pesquisadores que  viabilizem a produção e o compartilhamento do conhecimento e de  soluções inovadoras em prol dos catarinenses", enfatiza o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino.

Para os programas de Bolsas de Mestrado e Doutorado, o investimento com recursos próprios da Fapesc é de R$ 8 milhões e ainda há outros R$ 3,5 milhões da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Governo Federal.

“A Ciência está firme auxiliando nesta crise e estará preparada para outras que por ventura vierem, pois temos cientistas e pesquisadores comprometidos, qualificados que contam com o apoio das Instituições de Ciência e Tecnologia, Instituições de Ensino Superior, organizações, empresas e do Governo do Estado, especialmente da Fapesc”, salienta o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen.

Além das Bolsas de Mestrado e Doutorado, a Fapesc mantém os demais programas já em execução, além de novos lançamentos. “Precisamos passar por uma reestruturação e adaptar algumas chamadas públicas que direcionamos ao combate ao coronavírus”, explica Holthausen.

Combate à Covid-19

Além de adesões a chamadas nacionais e internacionais, a Fapesc lançou dois editais voltados ao combate ao coronavírus. Os dois juntos receberem 144 propostas com soluções imediatas e estão em fase de avaliação. Somente nestes dois editais o investimento com recursos próprios é de R$ 1 milhão.

“Reconhecemos a importância das pesquisas e das ações de Ciência, Tecnologia e Inovação e entendemos as dificuldades enfrentadas, bem como reafirmamos nosso compromisso com o desenvolvimento da Ciência, com a qualificação dos pesquisadores e das Instituições de Educação Superior e de Ciência, Tecnologia e Inovação, e, ainda, com a sociedade e o Estado de Santa Catarina”, finaliza o presidente.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Músicos de Caçador prestam homenagem ao Hospital Maicé
Sindicatos Patronais recebem máscaras de dupla proteção
Prefeitura de Calmon recebe doação de máscaras
Governo do Estado confirma 7.016 casos e 121 óbitos por Covid-19
Prefeitura de Lebon Régis antecipa o pagamento a servidores municipais
Núcleo de Comunicação entrega livros para a Biblioteca Municipal
Prefeitura de Calmon atenderá ao público em novo horário
Governo do Estado confirma 6.875 casos e 109 óbitos por Covid-19
Caçador Jeep Clube realizam doações de alimentos
Governo do Estado confirma 6.875 casos e 109 óbitos por Covid-19