Diretor da CELESC visita Caçador

O diretor contou sobre a estatal e como ela esta funcionando internamente

Beatriz Lima – Repórter jornal extra

Nesta quinta-feira, 11, o diretor presidente da CELESC, Cleicio Poleto Martins, esteve na Associação Empresarial de Caçador (ACIC), proporcionando um espaço para diálogo. Participaram do encontro a diretoria da ACIC, empresários e lideranças locais. O diretor relatou sobre a estatal e como ela esta funcionando internamente, além de explicar o motivo do aumento das faturas no verão.

A CELESC esta entre as melhores no setor elétrico no País, a subsidiária responsável pelos serviços de distribuição de energia elétrica é, a segunda arrecadadora de ICMS do Estado de Santa Catarina. A sétima maior distribuidora em volume de receita e também, sétima maior em volume de energia fornecida e a décima em número de unidades consumidoras.

O diretor explicou que quem determina a tarifa que os consumidores pagam pelo serviço de energia elétrica é a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a CELESC apenas tem um contrato com eles. “A tarifa também contém impostos e tributos, estabelecidos por leis federais, estaduais e municipais. A Celesc apenas cobra do consumidor e repassa os valores a quem de direito”, afirma o diretor.

“Existem alguns indicadores técnicos, por exemplo, frequência e duração das interrupções, questão de saúde e segurança do trabalho e o equilíbrio econômico financeiro, que se nós iinfringir por dois anos, podemos perder o contrato de concessão e a Aneel pode colocar a Celesc para ser privatizada”, esclarece.

Nos últimos meses, a CELESC recebeu reclamações em relação ao aumento das contas de luz. “O aumento do consumo no verão, foi o que refletiu no aumento nas contas de luz. Nós poderíamos antes disso acontecer, ter feito uma campanha educativa, avisando a sociedade, que nos últimos 12 anos tivemos 8 recordes de demanda de energia elétrica. Seis desses recordes acontecerão em janeiro. Então, poderíamos ter feito um alerta, mas o que aconteceu foi que pela intensidade do verão, existiu o aumentar o consumo”, afirma Cleicio Poleto Martins.

O primeiro vice-presidente da FIESC, Gilberto Seleme junto com a diretoria da ACIC, empresários e lideranças locais, destacaram sobre a importância da aproximação da CELESC com o município de Caçador.

A Associação Empresarial de Caçador (ACIC), que representa os interesses da comunidade de Caçador e da região, realizou ao final da reunião a entrega de um documento para o Diretor Presidente com as bandeiras defendidas pela ACIC e reivindicações para a CELESC.

Dúvidas sobre o consumo de energia 

Se a tarifa de energia não aumentou, o que pode ter causado a elevação nos valores cobrados na conta de luz?

Muitos fatores podem provocar a alta da conta de luz e cada caso pode ser devidamente avaliado. Mas no verão, utilizamos mais energia elétrica para poder manter condições de resfriamento de produtos alimentícios e conforto no ambiente.
E, nestes meses de dezembro e janeiro, as temperaturas se mantiveram elevadas acima do padrão, o que exigiu ainda mais dos equipamentos elétricos, mesmo os que são utilizados na mesma condição e frequência de outros meses do ano. Esse é o motivo pelo qual a CELESC tem afirmado que grande parte do aumento das faturas se deve ao maior consumo.
Uma prova disso é representada na tabela e na arte abaixo, que mostram exemplos dos aparelhos mais utilizados durante o verão e seu efeito na conta de luz:


A conta de luz traz muitas informações que podem confundir os consumidores. O que exatamente vem cobrado na fatura?

A fatura de energia traz informações de todos os itens que são cobrados dos consumidores, conforme especificação exigida pela Aneel. Entre eles, a compra da energia gerada pelas usinas, a transmissão pelas redes de alta tensão até chegar às subestações, além da distribuição nas linhas de baixa e média tensão até as unidades consumidoras (esta última parcela, que é de 13,8% do total da conta, compete à CELESC). A conta ainda inclui encargos setoriais e tributos, como o ICMS (que se altera conforme a faixa de consumo) e PIS/Cofins (que varia mensalmente em cada estado).

A quais informações deve-se prestar atenção para saber se houve algum erro na fatura de energia?


A conta de luz informa todos os detalhes de relativos ao consumo e às cobranças feitas ao cliente. Entre os itens que devem ser conferidos estão as datas de leitura (última, atual e próxima programada), o gráfico com histórico de consumo, a especificação das faixas de consumo (a primeira vai até 150 kWh), além de aviso de corte (quando há pagamento em aberto).

Confira na arte abaixo onde fica localizada cada informação disponível na fatura de energia:


Essas e outras informações no site: http://www.celesc.com.br/portal/index.php/duvidas-mais-frequentes/2199-hotsite 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Inscrições abertas para oficinas de fotografia, história da arte e malabarismo
Prefeitura de Lebon Régis adquire quatro veículos novos de sete lugares
ACIC realiza nova doação para os Bombeiros Voluntários
O Conselho de Cultura quer conhecer artistas e agentes culturais de Caçador
Prefeitura já fez a troca de telhado de 8 escolas; todas serão contempladas
Programação da diocese no dia de Corpus Christi
A estação mais fria do ano chegou
Gestão de carreira é apresentado para acadêmicos do curso de Ciências Contábeis
Acadêmica da UNIARP desenvolve projeto com famílias do CRAS
Definida programação da 31ª Festa da Fogueira de Caçador