Curso de Agronomia visita segmentos de produção, pesquisa e comercialização de hortaliças e frutas

A viagem de estudos buscou promover a integração entre a teoria e a prática no que se refere aos conhecimentos adquiridos pelos alunos

O curso de Agronomia da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (Uniarp) realizou viagem de estudos interdisciplinar, com o objetivo de conhecer outras realidades na área de produção, pesquisa e comercialização de hortaliças e frutas. 

Mesmo a região de Caçador se destacando pela produção de hortaliças e frutas, especialmente tomate, cebola, alho, frutas de caroço, uva e maçã, esta viagem de estudos buscou-se promover a integração entre a teoria e a prática no que se refere aos conhecimentos adquiridos pelos alunos e propiciar aos estudantes a oportunidade de aprimorar a sua formação profissional e pessoal. 



Inclusive, o curso de Agronomia foca a formação dos profissionais para atender a demanda deste setor em inúmeras disciplinas. 

A viagem de estudos foi realizada para as cidades de Itajaí, São José e Águas Mornas e os acadêmicos foram acompanhados pelas professoras Ma. Caroline de F. Esperança e Dra. Leyza P. de Oliveira.



O início da visita foi na Epagri, Estação Experimental de Itajaí, onde o pesquisador Dr. Gustavo Henrique Ferreo Klabunde recebeu os acadêmicos. “Foi possível acompanhar algumas atividades de rotina relacionadas à cultura da banana, bem como os trabalhos de melhoramento e seleção de clones de banana para posterior lançamento de cultivar, detecção de doenças, vírus e insetos patogênicos, manejos de bananais, pós-colheita e comercialização”, destacaram as professoras. 

Em seguida, foi realizada uma visita a Centrais de Abastecimento do Estado de Santa Catarina (CEASA/SC), em São José, que é um dos maiores Ceasa do Brasil. A turma foi recepcionada pelo diretor Técnico da Ceasa/SC, Albanez Souza de Sá, e pelo eng. Agr. André Martins de Medeiros. 

“Ao percorrer seus 9 pavilhões numa área de 112 mil², com aproximadamente 1.000 produtores cadastrados, foi observado in loco a recepção e distribuição de produtos hortifrúti diversos como frutas (pequenos frutos, frutas tropicais, frutos exóticos) e hortaliças (folhosas, legumes, tubérculos, etc.). Durante a visita foi apresentado aos acadêmicos os volumes e preços médio dos produtos distribuídos na Ceasa nos últimos anos e o comportamento de algumas culturas em relação à perecibilidade e sazonalidade”, explicaram as professoras que acompanharam os acadêmicos. 



No segundo dia, os responsáveis técnicos eng. Agr. Maick Hemsing e eng. Agr. Miguel André Compagnoni acompanharam os acadêmicos na visita a produtores rurais nos municípios de Águas Mornas, os quais apresentam sistemas de cultivo altamente tecnificados de morango, pimentão, alface, cheiro verde e rúcula. 

“Foi uma viagem bastante produtiva, com muito aprendizado de novas técnicas e culturas. Com isso, pudemos proporcionar aos nossos acadêmicos a possibilidade de ter contato com produções diversas das que encontramos aqui na nossa região. Aliamos a teoria à prática, que é um dos objetivos do curso de Agronomia”, finalizou o coordenador do curso, dr. Leandro Hahn.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Prefeitura de Lebon Régis adquire quatro veículos novos de sete lugares
O Conselho de Cultura quer conhecer artistas e agentes culturais de Caçador
ACIC realiza nova doação para os Bombeiros Voluntários
Prefeitura já fez a troca de telhado de 8 escolas; todas serão contempladas
Programação da diocese no dia de Corpus Christi
A estação mais fria do ano chegou
Gestão de carreira é apresentado para acadêmicos do curso de Ciências Contábeis
Acadêmica da UNIARP desenvolve projeto com famílias do CRAS
Definida programação da 31ª Festa da Fogueira de Caçador
Interessados em empreender podem se inscrever no Cocreation Lab até 9 de julho