Coronavírus: Curva sobe, leitos de UTI 100% ocupados e números disparam em Caçador

Situação do coronavírus chega ao seu estágio mais alarmante no município com 323 casos ativos

Caçador alcança um dos seus piores cenários com relação a pandemia do coronavírus. São 323 pessoas ativas e que ainda transmitem a doença no município. Dez delas estão internadas no hospital Maicé. A UTI do hospital está 100% lotada, assim como as UTIs de toda a região. Em Videira e Joaçaba também não há mais leitos de UTI disponíveis.
Desde o início da pandemia, Caçador registra 1737 casos confirmados: 1370 estão curados; 313 isolados em casa; 10 internados no Maicé. O número de óbitos chegou a 44. No último mês uma morte foi registra a cada 60h.
Também já foram realizados em Caçador 18.352 teste para coronavírus. Pacientes monitorados qu apresentaram algum sintoma gripal ou tiveram contato com alguém que positivou, somam 2601.
 
No Maicé
- São 10 pacientes internados na UTI: 8 confirmados (5 de Caçador/ 3 de outras cidades) e 2 suspeitos.
- Na Ala Clínica (isolamento), há 13 pacientes internados: 7 confirmados (5 de Caçador/ 2 de outras cidades) e 6 suspeitos.
- Houve mais 3 altas de Caçador (3 suspeitos) e 1 alta de outra cidade (1 confirmado).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Distribuição das doses da vacina de Oxford começa na segunda-feira em Santa Catarina
Mulher que faz a limpeza no Maicé é vacinada contra a Covid: “Senti minha profissão valorizada”
Comissão vistoria aplicação correta da vacina contra a Covid-19, em Caçador
Veja as fotos do primeiro dia de vacinação contra a Covid-19 em Caçador
Maely Ribeiro é a 1ª enfermeira a receber a vacina contra coronavírus, em Caçador
UTI Covid do hospital Maicé sai da lotação máxima
Vilmar José Miranda foi o primeiro vacinado contra a Covid em Lebon Régis
Equipe da Saúde de Caçador recebe doses da vacina contra a Covid, em Videira
URGENTE: Caçador irá vacinar 490 pessoas com a Coronavac
Regional de Videira deve receber 2.080 vacinas da Covid-19