Conselho Municipal de Turismo toma posse em Caçador

O órgão tem por objetivo promover e incentivar as ações de Turismo no Município de Caçador

A Prefeitura de Caçador, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, reestruturou o Conselho Municipal de Turismo, o Comtur de Caçador, solicitando que entidades de classe e vários setores da Comunidade indicassem representantes. A cerimônia de posse dos representantes de cada entidade aconteceu na quinta-feira (7).

Durante uma reunião em 20 de junho de 2018, o prefeito de Caçador, Saulo Sperotto, revogou a Lei nº 1.088, de 13 de dezembro de 1996 e reestruturou o COMTUR. O órgão tem por objetivo promover e incentivar as ações de Turismo no Município de Caçador, propondo as medidas necessárias ao desenvolvimento das suas políticas e diretrizes, de forma a garantir a preservação e a proteção do patrimônio natural, cultural, histórico e arquitetônico do Município.

A Lei nº 3.437 estabelece a estrutura do COMTUR, com um Presidente, Secretário e uma Secretaria Executiva com local, equipamentos, material de consumo e pessoal a ser disponibilizados pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo. A Lei define como tudo deve funcionar, periodicidade de reuniões, exige a definição de um Regimento Interno e deixa claro que os Conselheiros recebem um mandato honorífico por dois anos, com possibilidade de uma renovação, sem qualquer espécie de remuneração, ou seja, é um trabalho voluntário para a cidade de Caçador.

A primeira reunião do Comtur, aconteceu no dia 28 de janeiro de 2019, no auditório da Casa de Cultura, convocada pelo Secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Enemir Corozzola, que a iniciou com palavras de agradecimento e incentivo aos conselheiros, ficando à disposição do Conselho e passou a palavra ao Presidente do Comtur, Júlio Corrente, também Coordenador do Museu do Contestado.

O consultor do SEBRAE, Roni Rodrigues Brito, para que ele apresentasse o Projeto que foi contratado pela Prefeitura de Caçador, para ser realizado através da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, com apoio do Comtur. “O Plano de Desenvolvimento Integrado de Turismo Sustentável é um projeto que realizará o diagnóstico e o levantamento de todas as potencialidades turísticas do município, para se pôr em prática ações que desenvolvam o turismo na cidade, o que trará benefícios sociais e econômicos para Caçador e a população”.
 
A definição de quem compõe o COMTUR, entidades e representações são:

- Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo;
- Secretaria Municipal de Educação;
- Secretaria Municipal de Infraestrutura;
- Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Caçador – IPPUC;
- Associação Comercial e Industrial de Caçador;
- Câmara de Dirigentes Lojistas de Caçador;
- Universidade Alto Vale do Rio do Peixe – Uniarp;
- Associação de Engenheiros e Arquitetos de Caçador;
- Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC;
- representante de estabelecimentos de Turismo Rural de Caçador;
- representante dos restaurantes, bares e similares de Caçador;
- representante dos meios de hospedagem de Caçador;
- representante das agências de viagens e operadoras de turismo de Caçador;
- Associação das Micro e Pequenas Empresas de Caçador – AMPE;
- Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A – EPAGRI;
- representante dos órgãos de imprensa de Caçador;
- classe de artesãos e artistas plásticos de Caçador.
 
Colaboração: Edison porto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Programação de aniversário de Rio das Antas inicia neste sábado
Precisamos, sim, retirar o peso da ineficiência das contas de quem trabalha, investe e produz, diz Mourão, na FIESC
Candidatos ao conselho tutelar de Lebon Régis se apresentam para o público
Nova ambulância é entregue para o Samu de Caçador
Colaboradores da Adami realizam doações de mantas a instituições de Caçador e região
Governo de SC anuncia que vai pagar o 13º salário em três parcelas
UNIARP concede descontos em cursos presenciais de graduação
Prefeitura de Macieira investe em iluminação pública
Prefeitura de Caçador inicia transmissões, ao vivo, de licitações
Proprietários da casa que incendiou comentam sobre o caso