Comitê Técnico Setorial constrói bases de curso inédito na área da Madeira

Os trabalhos do comitê foram conduzidos por Thiago Korb da coordenação Metodológica do SENAI/SC e por Martina Kostolowicz da Coordenação Operacional

Dias 09 e 10 de agosto reuniu-se em Caçador-SC o Comitê Técnico Setorial na área da Madeira para mapeamento das competências do profissional do curso Técnico em Processamento da Madeira. O curso é inédito no SENAI nacional e está sendo construído com base na expertise de especialistas e representantes do setor industrial. 
Os trabalhos do comitê foram conduzidos por Thiago Korb da coordenação Metodológica do SENAI/SC e por Martina Kostolowicz da Coordenação Operacional. 
A criação e oferta deste novo curso técnico tem o propósito de alavancar a produtividade da região, proporcionando profissionais mais qualificados.  Essa foi uma demanda das indústrias da região. 
O diretor regional do SENAI Centro-Norte, Rogério de Oliveira Matos agradeceu a presença de todos os integrantes do comitê, destacando a responsabilidade na construção de um curso inédito e que irá balizar a qualificação de profissionais de todo o país. "Este curso vai atender as industrias da nossa região e estará disponviel no catálogo nacional de cursos técnicos do SENAI, auxiliando várias indústrias. Este curso vai atender uma demanda muito grande", comentou. Ele ainda transmitiu os cumprimentos, em nome de Gilberto Seleme, que toma posse dia 10 de agosto como primeiro Vice-Presidente da FIESC e de Leonir Tesser, que toma posse como Vice-Presidente Regional Centro-Norte da FIESC. 
O diretor do SENAI/SC – Serra Catarinense, Telmo Coelho deixou os parabéns pela iniciativa em nome do vice-presidente Israel Marcon. Segundo ele, os cursos existentes hoje ainda não atendem a real necessidade das indústrias. "O comitê criado conta com os representantes das indústrias e isso é fundamental para avalizar o trabalho. Estamos unindo o setor educacional e a indústria", destaca. 
O Comitê, segue na discussão do curso ainda nesta sexta-feira (10). Ele conta com a participação das seguintes pessoas e instituições: Rafael Baranceli, coordenador de PCP e de Produção da Adami S.A. (Caçador), Jorge Antônio Appi, coordenador de Produção da Sincol S.A.  (Caçador), Idacir da Silva Barros, coordenador de Produção da Frame Madeiras Especiais LTDA - Frameport  (Caçador), Gilberto Ortiz, gerente de Produção da Blue Forest (Lages), Vinicios Daniel Schmitdt, diretor Industrial da Temasa  (Caçador), Alexandre Eugênio Busato, vice-Presidente do Sindicato da Indústria da Madeira de Caçador (SIMCA), William Mailon Pscheidt, engenheiro de Processos da Solida Brasil (São Bento do Sul), Rogério Oliveira de Mattos, diretor do SENAI/SC – Centro Norte, Telmo Coelho, diretor do SENAI/SC – Serra Catarinense, Evandro Cesar Desidério, gerente Técnico do SENAI/SC – Centro Norte. 
Especialistas do SENAI: Ademir Cesar Picolotto, especialista em Educação de Caçador e Carlos Eduardo Schüller, especialista em Educação de Caçador, Gilberto Amaral, especialista Tecnológico de São Bento do Sul.
 
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Drink & Talk: Encontro no Bar do Dudo promove integração e diálogos em inglês
Caçador começa a emitir Certificado Internacional de Vacinação, a partir do dia 23
Número de focos do mosquito Aedes aegypti aumenta em Santa Catarina
Últimos dias de matrículas para os cursos da Faculdade Senac
Grupo Escoteiro de Macieira reinicia atividades neste sábado
Cuide da postura ao usar o celular
Alvarás de 2019 já estão disponíveis para retirada em Macieira
Ponte que que liga linha São Francisco à Laranjeira será interditada para reforma
Clube Caçadorense de Bochas fará a eleição da nova diretoria no dia 24 de fevereiro
Captação de recursos é a marca da administração municipal de Matos Costa