Cidades atingidas terão linha direta com Defesa Civil nacional

Os municípios que tiveram danos causados pelo ciclone que atingiu Santa Catarina terão uma linha direta com a Defesa Civil nacional. A intenção é agilizar o envio de informações sobre as necessidades de cada local, para que o Governo Federal definida os recursos a serem encaminhados para o Estado.

A informação foi repassada pelo secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, na manhã desta sexta-feira (3). Ele está em Santa Catarina para acompanhar de perto os impactos do ciclone, e ver de que maneira o Governo Federal pode auxiliar. Lucas elogiou a estrutura da Defesa Civil Estadual e os planos de ação municipais.

“Santa Catarina é uma referência nacional por seu preparo e capacidade em responder seus desastres. Viemos até aqui para ficar à par e ver como o Governo Federal pode auxiliar. Não somente com recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional, mas também de outros órgãos federais”, explicou.

Por enquanto, o foco do Governo do Estado está em receber as demandas dos municípios, principalmente de ajuda humanitária, para atendimento imediato. O secretário da Defesa Civil do Estado, coronel João Batista Cordeiro Júnior, solicitou mais agilidade no envio desses dados, principalmente para a distribuição de telhas, já que a previsão é de chuva para a segunda-feira (6). 

Linha direta
O secretário nacional de Proteção e Defesa Civil explicou que para liberar recursos, é preciso saber a quantidade necessária. Para agilizar o processo, uma linha direta vai criar um canal para capacitação dos municípios, para que a qualquer hora, possam tirar dúvidas com os técnicos da Defesa Civil nacional.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Vereador defende abertura de igrejas
Concurso Fotográfico de Macieira divulga trabalhos vencedores
Estado confirma 106.928 casos, 94.560 recuperados e 1.541 mortes por Covid-19
Delegacia da Mulher já emitiu 91 medidas protetivas em Caçador
Praça do Berger será revitalizada
Estado confirma 105.935 casos, 92.386 recuperados e 1.445 mortes por Covid-19
Com chuva mal distribuída, municípios continuam em alerta
Homenagem: Um parabéns aos pais!
Lebon Régis terá mais duas áreas de lazer