Advogado acolhe foragido da justiça

O advogado Ismael Figueiredo acolheu o foragido Elizandro Rivaldo Otto. O delegado Fernando Guzzi e Fabiano Locatelli, estiveram frente às investigações

A Polícia Civil de Caçador por meio da Divisão de Investigação Criminal – DIC, encontrou o último dos seis foragidos do Presídio Regional de Caçador. Elizandro Rivaldo Otto foi encontrado na tarde desta sexta-feira (10), no sítio do advogado Ismael Figueiredo, que atua nesta comarca. 

Os delegados Fernando Guzzi e Fabiano Locatelli estiveram frente as investigações. “Ele estava acolhido no sítio do advogado, trabalhando por comida. Num primeiro momento constatamos que o advogado sabia que ele era fugitivo. A operação começou na segunda-feira, e quando cercamos o local ele tentou fugir, mas estava cercado e acabou cedendo”, conta Guzzi.
De acordo com o delegado, o sítio está localizado no quilômetro 17 da rodovia SC 350, sentido a Taquara Verde. Três espingardas foram apreendidas e uma possível rinha de galo foi constatada naquela propriedade, informou a polícia. O advogado poderá ser indiciado por ter acolhido o foragido, pelo crime ambiental e por posse das armas, se elas estiverem em situação irregular.
“A investigação durou aproximadamente 30 dias, e felizmente objetivemos êxito. Foram duas semanas trabalhando de manhã, tarde e noite, sem folgas, para conseguir encontrar o foragido que usufruiu do grande conhecimento do interior de Caçador. Tendo em vista que ele criou-se em região de interior, acabou escondendo-se por muito tempo”, comenta o Delegado Locatelli.
O Jornal Extra tentou contato com o advogado por meio de telefone porém não obteve retorno.


O fugitivo
Elizandro foi preso em dezembro de 2016 após ser indiciado por latrocínio de um idoso na Linha Adolfo Konder, crime ocorrido naquele ano. Antônio Dias estava em casa sozinho quando foi vítima de uma possível tentativa de assalto ocorrido por volta das 20h10. Ele levou pelo menos três tiros de espingarda e morreu no local. A investigação sobre o caso apontou que Otto estaria caçando na região, quando invadiu a propriedade e reagiu contra a vítima.


A Fuga
Seis detentos do regime fechado fugiram do Presídio Regional de Caçador na sexta-feira, 30 de março de 2018, por volta das 10h. Aproveitando o horário de visita, os presos serraram a grade do solário e pularam o muro da unidade. Um sétimo detento tentou fugir, mas caiu do telhado. Cinco foram recapturados horas depois, e Elizandro continuou foragido desde então. 


Mãe queria que filho se entregasse
Após trocar tiros com a Polícia Militar na noite do dia 2 de abril, ao lado da casa da mãe, a redação do Jornal Extra esteve em contato com a mãe de Elizandro, Dona Maria, na Linha Rio Bugre. Na época, ela informou que gostaria que o filho se entregasse. 
“É muito triste para uma mãe ver que o filho está fazendo isso. Se eu pudesse vê-lo eu falaria para ele se entregar. Mas não tenho como afirmar nada, pois não sei de nada. Fiquei sabendo que ele tinha fugido quando a polícia entrou na minha casa”, afirmou ela na época. 
Ela declarou ainda, que o jovem nunca foi rebelde, era trabalhador e ajudava em casa. “Isso terminou com a minha vida. Estou arrasada. A minha família é só meu esposo e o meu filho, e Deus que é o principal, acima de tudo”, disse.
Na época, as buscas receberam apoio do canil dos Bombeiros Voluntários de Caçador, do canil da Polícia Militar de Porto União e do helicóptero Águia de Lages, mas devido ao grande conhecimento da área de interior, Elizandro não foi encontrado. 


Polícia Civil é destaque na solução de crimes
Apenas nesta semana, a Policia Civil cumpriu 12 mandatos de prisão. Foram três operações: na primeira operação foram mobilizados 28 policiais militares de Santa Cecilia e Rio das Antas. Em outra operação que ainda corre em sigilo, foram mobilizados 12 policiais. Já na captura no fugitivo, 10 policiais trabalharam durante dias.
Locatelli ainda informou que nos últimos dois anos, todos os crimes de homicídios foram solucionados. “Agora vamos focar na elucidação de crimes de tráfico de drogas, para trazer a sensação de segurança para a cidade de Caçador”, afirmou.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Homem é preso com meio quilo de maconha em Caçador
Homem é preso por estupro e mulher por favorecimento à prostituição
Polícia Civil e Militar cumprem mandado de busca e apreensão em Rio das Antas
Suposta tentativa de assalto a carro-forte é investigado
Incêndio destrói casa na Vila Santa Terezinha
Polícia Civil prende suspeito de homicídio foragido do Paraná
Advogado acolhe foragido da justiça
Briga de adolescentes foi a causa da morte de menino no bairro Santa Catarina
Alto Bonito: Adolescentes de 16 anos são apreendidos como autores do Incêndio