Acadêmica da UNIARP desenvolve projeto com famílias do CRAS

Maria Eduarda Santana, da 5° fase do curso de Psicologia desenvolveu um projeto chamado “Meu Cultivo”

A acadêmica Maria Eduarda Santana, da 5° fase do curso de Psicologia desenvolveu um projeto que incentiva a reciclagem e ao mesmo tempo, a diminuição do estresse. No projeto “Meu Cultivo”, ela usa garrafas PET na jardinagem e em hortas. As famílias estão sendo incentivadas a plantar chás verdes, legumes, hortaliças e flores.

Ela está aplicando o projeto com famílias participantes do CRAS Norte, acompanhadas pelo desenvolvimento do Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família (PAIF), que visa fortalecer os vínculos familiares.


Maria Eduarda comenta que as garrafas PET, quando jogadas no meio ambiente, tornam-se um grave problema. “Junto com outros lixos, poluem o meio ambiente. A poluição causada por elas é muito grave, devido ao fato de levarem em torno de 200 anos para serem degradadas”, salienta. “Pensando nisso, o projeto usa garrafas PET para o cultivo, uma vez que muitas famílias não têm sua horta em casa por falta de espaço ou tempo”, completa.

Segundo ela, a falta de espaço para hortas não deve ser um problema. As plantas podem ser cultivadas em garrafas PET e fixadas em algum lugar da casa em pouco tempo e sem precisar de muito espaço.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Entregues primeiras camisetas do projeto “Eu Faço”
“Tive uma experiência de vida que me fortaleceu como pessoa e como médico”
Danielle Regina Ullrich é eleita a nova diretora-geral do IFSC Caçador
Programa Registro de Imóveis Itinerante chega ao município de Rio das Antas
Mais uma rua é asfaltada pela Prefeitura, agora bairro no Martello
Mudança de nome da região do Contestado gera críticas
Enfeites Natalinos começam a ser montados em Macieira
Santa Catarina ultrapassa a Bahia e é a sexta maior economia do país
UNIARP simula evacuação de prédio em exercício preventivo de segurança
Novo ensino médio será implantado em duas escolas de Caçador em 2020